activa

Perfil

Celebridades

Joan Rivers deixa parte da sua fortuna aos cães

A comediante quis assegurar que nada de mau ia acontecer aos seus cães em caso da sua morte

Activa.pt

A comediante Joan Rivers, que nunca parou de trabalhar, deixou a maior parte da sua fortuna -  150 milhões dólares - à única filha, Melissa Rivers, ao seu neto Cooper e aos seus quatro cães! Um amigo próximo de Rivers justificou assim esta disposição testamentária da comediante: "Esses cães eram a sua família. Eles significava o mundo para ela e Joan queria ter certeza de que se alguma coisa acontecesse com ela iria ser bem tratados." 

"Só quando amamos muito os nossos cães é que deixamos que se sentem num tecido francês que custa 300 dólares o metro", disse Rivers no passado, sobre a sua devoção aos seus animais. Na mesma entrevista, confessou que pensava na sua própria morte e que tinha planos para assegurar o futuro dos seus animais: "Com 80 anos, seria tolo não pensar sobre isso", disse. “Deixei o dinheiro necessário para que os cães podem ser tratados e cuidados. Quanto a Melissa, disse-lhe: 'Vende  tudo e mais qualquer coisa que não queiras. Não te sintas em dívida com meus bens. Sinto-me quase histérica sobre isso. Não quero que eles tenham sentimentos de culpa.”

No entanto, os cães vão ter de abandonar o apartamento de luxo na Quinta Avenida, em Nova Iorque, e irão morar com a assistente de Joan, Jocelyn Pickett, considerada família. Melissa, a filha, vai mesmo vender o apartamento que era da mãe e aquele que Rivers tinha comprado para si e para o neto para quando estivessem na costa leste, dado que deseja viver maioritariamente em Los Angeles, onde cresceu e estudou.

 

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!