activa

Perfil

Celebridades

Robin Thicke acusado de agredir o próprio filho

De acordo com o avançado pelo TMZ, o filho do cantor queixou-se que o pai lhe batia com alguma regularidade...

Laura Pinheiro

Brad Barket

Segundo o site TMZ, o filho de Robin Thicke, cantor americano de 39 anos, é vítima de agressões por parte do pai.

Avança a fonte que a criança, de 6 anos, se queixava que o pai lhe batia com alguma frequência, mencionando mesmo na escola que o pai lhe dava 'socos'.

O menino ter-se-à queixado à mãe, a atriz Paula Patton, ex-mulher de Robin Thicke, e a alguns amigos do colégio que frequenta.

O caso veio ao de cima quando a escola da criança entrou em contacto com o Departamento de Proteção à Criança e Família de Los Angels e foi aberto um processo de investigação ao cantor. Desta feita, Robin Thicke é acusado de agressões.

A ex-mulher do compositor terá pedido uma ordem de restrição contra Robin e pedido que os encontros com o filho fossem acompanhados por uma outra pessoa, para que este sem sinta seguro e não seja agredido.

Robin Thicke já respondeu às acusações, referindo que está a dar ao seu filho a educação que concordou com Paula Patton durante o casamento. Acrescentou ainda que só 'castiga' o filho quando este precisa de ser chamado à atenção, com a mão aberta e no rabo, "tal como manda a lei americana".