activa

Perfil

Celebridades

Carlos Santana diz que Beyoncé perdeu nos Grammys porque "não é uma verdadeira cantora"

O artista falava do facto de Adele ter batido a Queen Bey na categoria de Álbum do Ano na cerimónia de entrega de prémios.

Cláudia Turpin

Donald Miralle

Carlos Santana é o mais recente alvo da fúria da BeyHive, os super fãs de Beyoncé.

No rescaldo da cerimónia de entrega dos prémios Grammy, o artista deu o seu parecer sobre o facto de Adele ter batido a Queen Bey na categoria de Álbum do Ano numa entrevista à Associated Press australiana.

"Acho que a Adele ganhou porque ela sabe mesmo cantar", disse. "Com todo o respeito à nossa irmã Beyoncé, ela é muito linda mas faz uma música estilo modelo - música para exibir um vestido - ela não é uma verdadeira cantora, com todo o respeito", acrescentou.

E o multi-instrumentalista não se ficou por aí.

"A Adele não traz dançarinos e adereços", continuou. "Simplesmente ficou lá e cantou a música, e pronto. É por isso que ela vence".

Curiosamente, Adele parece discordar de Santana. Na noite do espetáculo, a diva britânica aproveitou o seu momento em palco para dizer que, basicamente, considerava a decisão do comité injusta e dedicou grande parte do seu discurso a tecer rasgados elogios a Beyoncé, que apesar de ser a mulher com mais nomeações na história da cerimónia - até agora foram 62 - nunca levou o troféu de Álbum do Ano para casa.

Os fãs de Bey não ficaram nada satisfeitos com as declarações, mas também houve quem defendesse que Carlos Santana só disse verdades. Entretanto, o fundador dos Santana já esclareceu os comentários polémicos no Facebook.

"A minha intenção era parabenizar a Adele pela noite fantástica nos Grammys. O meu comentário sobre a Beyoncé foi lamentavelmente tirado do contexto. Tenho o máximo respeito por ela enquanto artista e como pessoa. Ela merece todos os louvores que receber. Desejo tudo de bom à Beyoncé e à sua família".

Vídeo relacionado: Grammys: Adele divide (literalmente) o prémio de Álbum do Ano com Beyoncé