activa

s

Perfil

Celebridades

Universidade de Harvard elege Rihanna Humanitária do Ano

Cláudia Turpin

Chris Jackson

Normalmente, Rihanna é celebrada pela sua música, mas desta vez é o seu trabalho humanitário que está em destaque.

A cantora de 29 anos foi eleita Humanitária do Ano pela Universidade de Harvard e vai receber o prémio pessoalmente numa cerimónia marcada para o próximo dia 28 de fevereiro.

"A Rihanna construiu caridosamente um centro de última geração de oncologia e medicina nuclear para diagnosticar e tratar o cancro da mama no Hospital Queen Elizabeth em Bridgetown, Barbados", disse o diretor da Harvard Foundation, S. Allen Counter.

A estrela também criou a Fundação Clara Lionel em honra dos avós para melhorar a saúde, educação, artes e cultura no mundo. A organização oferece um programa de bolsas para estudantes naturais de países caribenhos que frequentem a universidade nos Estados Unidos

Em janeiro, Rihanna rumou ao Malawi para passar tempo com educadores, representantes do governo, estudantes e mentores para promover a educação em nome da sua fundação e como embaixadora da Global Citizen e da Global Partnership for Education, uma campanha que garante o acesso à educação a crianças em mais de 60 países em desenvolvimento, dando prioridade a meninas e àqueles mais afetados pelo problema.

Instagram

A estrela também esteve recentemente no seu país natal, Barbados, onde juntou forças ao Príncipe Harry no dia Dia Mundial de Luta Contra a SIDA para consciencializar a população para a importância do teste de diagnóstico. Os dois fizeram publicamente um exame de sangue "para mostrar como é fácil ser testado", anunciou o palácio de Kensington.

1 / 6

Chris Jackson

2 / 6

Chris Jackson

3 / 6

Chris Jackson

4 / 6

Chris Jackson

5 / 6

Chris Jackson

6 / 6

Chris Jackson

Vídeo relacionado: Drake interrompe concerto para dar os parabéns a Rihanna

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!