activa

Perfil

Celebridades

Jane Fonda revela que foi violada e molestada na infância

"Sempre pensei que fosse culpa minha".

Activa.pt

Michael Loccisano

Jane Fonda abriu o coração sobre experiências dolorosas do passado.

Numa entrevista concedida à colega de profissão Brie Larson para a história de capa do 'The EDIT', a estrela de cinema falou sobre como "um patriarcado tem um impacto sobre as mulheres" e revelou pela primeira vez que foi violada uma vez.

"Eu fui violada, fui abusada sexualmente enquanto criança, e fui despedida por não aceitar dormir com o meu chefe", disse. "E sempre pensei que a culpa fosse minha; que não tinha feito ou dito a coisa certa".

Instagram

Fonda disse que o passado difícil levou-a a tornar-se uma ativista apaixonada pelos direitos das mulheres. A atriz é uma apoiante fervorosa do movimento V-Day, que trabalha para acabar com a violência contra meninas e mulheres. Em 2001, criou o Centro Jane Fonda Para a Saúde Reprodutiva do Adolescente, cujo objetivo é prevenir a gravidez na adolescência.

"Conheço jovens que foram violadas e nem sabem que foi uma violação. Elas pensam: 'deve ter sido porque eu disse 'não' da forma errada'" explicou.

Através do seu trabalho, Jane que quer ajudar as vítimas de abuso a "perceberem que [violação e abuso] não é culpa nossa. Nós fomos violadas e isso não está certo".

Não é a primeira vez que a estrela entra em detalhes sobe a sua juventude conturbada. Numa outra ocasião revelou que a sua mãe também foi vítima de abuso sexual e acabou por se suicidar quando Jane tinha 12 anos.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!