activa

Perfil

Celebridades

Prince pressionou a primeira mulher a conceder uma entrevista a Oprah depois da morte do filho

A situação acabou por causar tensão entre os dois, que se separaram em 2000.

Activa.pt

SINEAD LYNCH

Numa nova autobiografia, a ex-mulher de Prince, Mayté Garcia partilha a história dos quatro anos de casamento entre os dois e da tragédia que os afastou.

No outono de 1996, Garcia ainda chorava a perda do filho do casal, um menino chamado Amiir, que morreu dias depois do nascimento, vítima de uma condição rara, a Síndrome de Pfeiffer.

Contudo, a estrela da música pop pediu à esposa que voltasse rapidamente às luzes da ribalta e surpreendeu-a com uma visita de Oprah Winfrey. Na altura, Mayté ainda estava apática com a dor, como lembra agora no livro 'The Most Beautiful: My life with Prince', citado pela revista 'PEOPLE'.

"A Oprah vem a Paisley. Hoje", disse Prince a Mayté, pouco depois da morte de Amiir. Apesar de ter implorado para que Prince dissesse à apresentadora que estava doente, ele disse-lhe "Eu preciso que tu faças isto."

"Ele pôs-me de pé, mas eu só soluçava. As pessoas vieram. Uma máscara de muita maquilhagem foi aplicada na minha cara. O meu marido levou a Oprah a conhecer o Paisley Park, e a sua missão era clara. Ela tinha vindo para descobrir se a criança estava morta ou deformada, como as pessoas andavam a especular".

Mayté Garcia em 2016

Mayté Garcia em 2016

Matt Winkelmeyer

Parte da visita guiada que Prince fez a Oprah, apareceu no talk show da apresentadora, incluindo a paragem no quarto de criança e na sala de brinquedos que a lenda da pop tinha preparado enquanto Garcia estava no hospital.

"Eu não sabia de nada. Ele queria surpreender-me. A Oprah viu-o ainda antes de mim. Tenho de perguntar-me por que ele a levou lá. Eles ficaram no meio daquele paraíso colorido de brinquedos. Tinha tudo o que um quarto perfeito de bebé precisa, exceto a única coisa que um quarto perfeito de bebé precisa."

Mayté diz que Oprah lhe fez perguntas em relação aos rumores sobre os problemas de saúde do bebé, ao que o marido respondeu que estava tudo bem.

"Eu sentei-me no sofá, a sorrir como uma bailarina bonita. O Prince tinha-me dito 'Não digas nada sobre o Amiir'".

A perda trouxe tensão à relação do casal, que acabou por se separar quatro anos depois, em 2000.

"Eu tenho tirado notas da minha vida mas quando chegou finalmente o momento de as escrever, transportou-me para o passado e eu chorei muito. Mas também acho que é muito libertador", explicou a ex-dançarina à 'PEOPLE' sobre a sua decisão de detalhar um período tão sofrido da sua vida ao público.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!