activa

Perfil

Celebridades

Harry Styles fala sobre a relação com Taylor Swift

Num momento raro, Styles abriu o coração sobre o período em que esteve envolvido com a estrela da música pop.

Cláudia Turpin

Eamonn M. McCormack

Harry Styles (finalmente) quebrou o silêncio sobre a relação com Taylor Swift.

O par namorou entre outubro de 2012 e janeiro de 2013 e, embora nenhuma das estrelas tenha falado muito sobre o assunto, o romance foi bem documentado nos meios de comunicação.

Um dos momentos mais memoráveis desses tempos é um passeio a dois pelo Central Park, em Nova Iorque, e agora Harry revela o que lhe passa pela cabeça quando vê essas fotografias.

"Quando vejo fotos desse dia, penso: as relações são difíceis em qualquer idade", revelou na edição mais recente da revista 'Rolling Stone'. "E, acrescentando que não percebemos exatamente como funcionam quando temos 18 anos, tentar gerir isso não se torna mais fácil", continuou. "Estava num encontro com alguém de quem gostava. Devia ser assim tão simples, certo? Foi com certeza uma aprendizagem. Mas no fundo, só queria que fosse um encontro normal".

Instagram

Quando Swift fez a transição para a música pop com o lançamento do álbum 1989, em outubro de 2014, o público partiu do princípio que compôs os temas 'Out of the Woods' e 'Style' sobre o ex-membro dos One Direction.

"Não sei se são sobre mim ou não, mas a questão é que ela é tão boa que as [as músicas] estão em todo o lado", disse. "Eu escrevo a partir das minhas experiências; toda a gente faz isso. Tenho sorte se tudo o que passámos juntos ajudou a criar aquelas canções. É isso que toca o coração", acrescentou. "São as coisas mais difíceis de dizer e sobre as quais falo menos. É a parte que é sobre duas pessoas. Eu nunca vou dizer nada a ninguém".

Instagram

Passados quatro anos do fim do namoro, o cantor parece ter uma atitude bastante cordial em relação à ex. Fica a questão; será que alguma vez disse a Taylor que admira as suas músicas?

"Sim e não. Ela não precisa que eu lhe diga que são ótimas", admitiu. "As canções são muito boas... são os melhores diálogos não falados de sempre".

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!