activa

s

Perfil

Celebridades

Carla Bruni comenta envolvimento com Donald Trump

O rumor persegue a antiga Primeira-dama francesa desde os anos 90.

Sarah Pinto

Pascal Le Segretain

Carla Bruni está novamente em destaque na imprensa americana e a 'culpa' é de Donald Trump.

A antiga Primeira-dama francesa fez manchetes em 1991, ano em que foi apontada como o pivô da separação de Trump e da segunda esposa, Marla Maples. Os rumores intensificaram-se depois de o magnata do ramo imobiliário ter confirmado a história à imprensa.

Agora, numa nova entrevista ao 'The Daily Beast', Bruni nega mais uma vez o envolvimento.

"Na verdade, a situação toda foi muito vaga e simplesmente não existiu", disse. "Portanto fiquei muito surpresa quando ele falou à imprensa".

A tempestade mediática começou quando o 'New York Post' fez do suposto romance a sua história de capa. Na altura, a 'PEOPLE' ligou para o escritório de Trump e falou com um relações-públicas chamado 'John Miller', cuja voz era muito semelhante à do empresário, que confirmou tudo.

Sue Carswell, então jornalista da publicação, entrevistou 'Miller' e, mais tarde mostrou as gravações a Maples, que identificou a voz como sendo a do ex-marido. Como resposta, Donald Trump disse que Miller era uma piada que deu para o torto.

"O que eu fiz tornou-se uma piada às custas da Marla, e lamento muito", disse à publicação.

Pool

Na entrevista ao 'The Daily Beast', Bruni revelou que já tinha ouvido histórias em que Trump se fazia passar pelo próprio relações-públicas.

"Já ouvi histórias. Não há muito que possa dizer. Acho que a democracia é melhor que as ditaduras, e a democracia é sobre eleições. Portanto... nós respeitamos a democracia".

Quando questionada sobre se fica incomodada que a alegada associação a Trump seja um dos primeiros resultados quando se procura o seu nome no Google, a ex-modelo foi assertiva.

"Isso acontece porque era uma mentira. Talvez seja no Google americano, porque se for no francês aparecem outras coisas - principalmente o meu homem, o meu trabalho, e fotos minhas de quando era mais jovem. Mas fico feliz que não haja muito sobre os meus filhos. Consegui protegê-los".

Carla Bruni é casada Nicolas Sarkozy, o 23° presidente francês desde 2008. O casal tem uma filha em comum, Giulia, com cinco anos. A atriz e cantora é ainda mãe de Aurélien, 15, fruto da relação com o filósofo Raphaël Enthoven.

Vídeo relacionado: Kathy Griffin VS Donald Trump: a sessão fotográfica que começou tudo

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!