activa

Perfil

Celebridades

Harvey Weinstein e Georgina Chapman chegam a acordo (milionário) no divórcio

O casamento chegou ao fim na sequência do escândalo de abusos e má conduta sexual por parte do produtor cinematográfico.

Cláudia Turpin

Anadolu Agency

Harvey Weinstein, 65, e Georgina Chapman, 41, chegaram a acordo no que diz respeito aos termos do divórcio.

De acordo com a revista 'PEOPLE', o produtor cinematográfico e a esposa assinaram um acordo, mas este ainda não foi entregue ao tribunal.

A revista avança ainda que designer poderá sair do casamento com cerca de 12 milhões de dólares (cerca de 10 milhões de euros) graças a um acordo pré-nupcial. O documento estipula que, em caso de divórcio, Chapman receberia uma pensão de alimentos no valor de 300 mil dólares (250 mil euros) anuais durante os primeiros nove anos de casamento. O casal anunciou a separação em outubro passado, mas se a relação tivesse durado mais dois meses, até ao décimo aniversário da união, o valor subiria para 400 mil (334 mil euros) por ano.

O acordo pré-nupcial também inclui os bens maritais e, ainda segundo a 'PEOPLE', a fundadora da Marchesa receberá 250 mil dólares (208 mil euros) anualmente durante os primeiros cinco anos, e 700 mil (581 mil euros) por cada ano adicional. No que diz respeito ao subsídio de alimentação, terá direito a 25 mil dólares (21 mil euros) por cada mês de casamento.

Vídeo relacionado: Pamela Anderson sobre as vítimas de Weinstein: "sabiam no que se estavam a meter"

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!