activa

Perfil

Donald e Melania Trump enfrentam novo escândalo de traição

Celebridades

Donald e Melania Trump enfrentam novo escândalo de traição

Uma amiga da suposta amante confirmou a história num programa norte-americano.

Cláudia Turpin

De acordo com o Wall Street Journal, Donald Trump pagou 130 mil dólares (cerca de 107 mil euros) a Stephanie Clifford, uma antiga atriz de filmes pornográficos conhecida no meio como Stormy Daniels, para que esta não falasse publicamente sobre um alegado encontro sexual entre os dois. A transação terá sido feita antes das eleições presidenciais de novembro de 2016 por Michael Cohen, advogado de longa data da Trump Organization.

Clifford ter-se-á envolvido com Trump em julho de 2006, depois de se conheceram num torneio de golfe de celebridades no Lago Tahoe. A ser verdade, o encontro aconteceu um ano depois de o agora Presidente dos Estados Unidos trocar alianças com a terceira mulher, Melania Trump.

Uma amiga da atriz confirmou que o encontro aconteceu de facto, apesar de as partes envolvidas o negarem, no programa Megyn Kelly Today. Alana Evans diz que Daniels tentou convidá-la para "brincar" com Trump num hotel e terá recebido várias chamadas que deixavam claro que estrela porno não estava numa festa, mas sim sozinha com o empresário. Perante a insistência, resolveu desligar o telefone e ignorá-los.

No dia seguinte, Alana terá ligado a Stormy para se desculpar por tê-la abandonado.

"Perguntei como correu. Peço desculpa, mas a imagem mental ficou-me na cabeça este tempo todo. Fico feliz por vocês também terem de lidar com isso. Ela disse 'Bem, imagina isto: o Donald Trump a perseguir-me no quarto em boxers brancos'. Não é algo que se esqueça", explicou. "Naquela altura foi tanta informação para mim que não fiz mais perguntas".

A convidada acrescentou que continuou amiga de Stormy e que as duas nunca mais falaram sobre essa noite.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!