activa

Perfil

Celebridades

Grammys 2018 serão invadidos por rosas brancas

Depois do preto nos Golden Globes, esta será a forma de protesto na prestigiada cerimónia de entrega de prémios musicais.

Cláudia Turpin

Kurt Krieger

Na edição dos Grammys deste ano, nomeados e apresentadores vão usar rosas brancas para expressar o seu apoio pela iniciativa 'Time's Up', que combate o abuso e o assédio sexual.

De acordo com a revista 'PEOPLE', um grupo chamado Voices in Entertainment, formado recentemente por Meg Harkins e Karen Rait, ambas executivas de gravadoras importantes no ramo, está por detrás da ideia. A 'Billboard' avança que os seus 15 membros, todas mulheres, enviaram cartas para chegar às celebridades e estenderam-lhes um convite para aderirem a esta forma de pacífica de protesto. Até agora, tiveram respostas positivas de nomes como, por exemplo, Kelly Clarkson, Halsey, Cyndi Lauper, Dua Lipa e Rita Ora.

"Escolhemos a rosa branca porque, historicamente, representa esperança, paz, empatia e resistência", lê-se nas cartas do Voices of Entertainment. "Por favor, junte-se a nós para apoiar a representação igual no mercado de trabalho, pela liderança que reflete a diversidade da nossa sociedade, por locais de trabalho livres de assédio sexual e por uma consciencialização maior de responsabilidade pelo que as nossas irmãs começaram no dia um de janeiro e continuaram nos Golden Globes, e daí para a frente".

Recorde-se que os Golden Globes de 2018 vestiram-se de preto. A iniciativa simbolizou o protesto contra os escândalos recentes de má conduta sexual que abalaram a indústria cinematográfica.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!