activa

Perfil

Celebridades

Kate Upton acusa fundador da Guess de assédio

A modelo diz que Paul Marciano é sexualmente e emocionalmente abusivo com mulheres.

Cláudia Turpin

Getty Images

Kate Upton acusou o homem por detrás da gigante de moda Guess de assediar mulheres.

A modelo, que já foi o rosto da marca, acusou publicamente o co-fundador e diretor criativo, Paul Marciano, de má conduta sexual nas redes sociais. Apesar de não ter especificado o incidente pelo qual terá passado, deixou comentários referentes ao movimento #MeToo.

"É desapontante que que uma marca feminina tão icónica como a Guess ainda dê poder ao Paul Marciano como o seu diretor criativo #metoo", tweetou.

Minutos mais tarde, Upton partilhou as mesmas palavras no Instagram com a seguinte legenda:

"Não devia ser-lhe permitido usar o seu poder na indústria para abusar sexualmente e emocionalmente de mulheres".

Kate tornou-se porta-voz da Guess em 2011, seguindo os passos de supemodelos como, por exemplo, Claudia Schiffer e Cindy Crawford. Mais recentemente, Gigi Hadid, Hailey Baldwin, Camila Cabello e Jennifer Lopez desempenharam a função de Guess Girls.

Instagram

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!