activa

Perfil

Celebridades

Ex de Blake Griffin acusa-o de deixar a família para ficar com Kendall Jenner

"Ele preocupava-se mais com o glamour de namorar com uma celebridade que com as suas responsabilidades enquanto pai e homem de família".

Cláudia Turpin

Getty Images

Brynn Cameron, a ex-noiva de Blake Griffin, acusa-o de negligenciar a família para dar atenção ao seu romance com Kendall Jenner.

Recorde-se que o basquetebolista e a modelo terão começado a sair em agosto de 2017, ou seja, um mês depois de o jogador dos Detroit Pistons terminar o noivado com Brynn.

No Dia dos Namorados, Cameron deu início a uma ação legal em que alega que depois de "envergonhar cruelmente a sua família ao exibir publicamente Kendall Jenner", o atleta disse-lhe que "não tinha qualquer intenção de continuar a viver" com ela.

De acordo com documentos citados pelo E! News, em 2013, Brynn deixou de trabalhar "devido à insistência de Griffin" e, alguns meses depois, ambos terão "acordado oralmente" que ela ficaria em casa para tomar conta dos dois filhos do casal, Ford, de quatro anos e Finley, de 13 meses. Em troca, Blake ter-se-á comprometido a sustentá-la para o resto da vida (dela).

Cameron diz ainda que os dois iam casar em julho de 2017 mas, um mês antes, a estrela da NBA de exigiu que ela assinasse um acordo pré-nupcial. Ela recusou. A cerimónia terá sido cancelada uma semana antes da data e o jogador "entrou imediatamente numa relação mediática com Kendall".

"Griffin preocupava-se mais com o glamour de namorar com uma celebridade de Hollywood que com as suas responsabilidades do dia-a-dia enquanto pai e homem de família", dizem os documentos do processo.

Ainda não há qualquer comentário por parte de Jenner ou Griffin sobre o assunto.