activa

Perfil

Celebridades

William "magoou Kate profundamente" com o seu comportamento quando estavam separados

A história envolve outra mulher.

Activa.pt

Getty Images

Até os casais mais fortes passam pelos seus momentos de provação. Para William e Kate, a maioria deles aconteceu cedo no namoro, quando o príncipe parecia estar indeciso em relação a um futuro a dois.

Antes da infame separação em 2007, os então namorados 'deram um tempo' em 2004, durante o seu ano de finalistas na Universidade de St. Andrews, na Escócia, onde se conheceram.

Katie Nicholl escreveu sobre o "teste" em William and Harry, um livro lançado em 2010. A autora especializada em realeza explica que o filho mais velho de Carlos e Diana queria uma pausa no relacionamento e planeou uma viagem só de homens, a bordo de um iate em águas gregas, para passar algum tempo afastado de Kate.

"Kate começava a questionar o empenho de William na relação, e também tinha as suas dúvidas em relação ao seu futuro depois de St. Andrews," escreveu Nicholl, de acordo com o jornal britânico Express, acrescentando que a agora duquesa nunca as expressou ao companheiro, mas estava dividida por vários motivos. "Um deles era a amizade de William com uma herdeira norte-americana chamada Anna Sloan."

Aparentemente, William e Ana tinham muito em comum, e Kate temia que essa ligação incluísse outros sentimentos, além da amizade - pelo menos da parte do príncipe.

"Anna tinha perdido o pai, o empresário George Sloan, num tiroteio acidental trágico na propriedade da família em Nashville, e ela e William criaram um laço devido às perdas que sofreram. Quando Anna convidou William e um grupo de amigos para irem passar um feriado ao Texas, antes de ele ir para a Grécia.. isso magoou Kate profundamente. Ela suspeitava que ele pudesse sentir algo pela herdeira de 22 anos."

Nicholl diz que William e Anna nunca tiveram um envolvimento romântico. A socialite acabou por trocar alianças com Eddie Smith e até foi convidada para o casamento real, que aconteceu em 2011.

"Anna não tinha qualquer tipo de interesse romântico em William, e a amizade nunca passou disso."

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!