activa

Perfil

Celebridades

Estas eram as exigências de Gisele quando desfilava para a Victoria's Secret

"Dêem-me uma cauda, uma capa, asas - por favor, qualquer coisa para me cobrir um pouco!"

Activa.pt

Evan Agostini

Gisele Bündchen abriu o seu coração sobre vários assuntos numa nova entrevista para a revista PORTER, desde o casamento com Tom Brady ao fim do seu longo relacionamento com Leonardo DiCaprio.

A modelo brasileira também falou da sua carreira como 'Angel' da Victoria's Secret, inclusive das restrições que impunha em relação a usar peças reveladoras.

Bündchen, que foi a modelo mais bem paga do mundo durante 15 anos consecutivos, assinou contrato com a marca quando tinha apenas 19 anos.

De acordo com o The Independent, a manequim já tinha falado do assunto no seu livro Lessons: My Path to a Meaningful Life.

"Durante os primeiros cinco anos, sentia-me desconfortável a desfilar em lingerie," escreveu. "À medida que o tempo foi passando, fui ficando menos à vontade com ser fotografada a desfilar na passarela só de biquíni ou tanga. Dêem-me uma cauda, uma capa, asas - por favor, qualquer coisa para me cobrir um pouco!"

Frank Micelotta Archive

Na entrevista recente para a PORTER, Gisele confirmou o seu desconforto com os trajes ousados.

"Eu era sempre aquela pessoa que perguntava: 'Por favor, posso cobrir o meu rabo?'" confessa. "No estúdio, não me importava. Era um ambiente controlado. Mas se estás na passarela, só Deus sabe. Portanto, se repararem, eu tinha sempre uma pequena saia ou capa," continua. "Eles sempre foram muito gentis e complacentes quando eu dizia que não me sentia confortável."

Quando à receita para o seu sucesso, a supermodelo acredita que tudo se deve a trabalho árduo. Aliás, diz mesmo que não sabe como teria conquistado o que quer que seja se não tivesse disciplina, um característica que considera ser a sua "melhor amiga".