activa

Perfil

Celebridades

Eis as 13 traições entre celebridades que ainda não conseguimos superar

Há casos de sucesso...e outros nem tanto!

Activa.pt

No que toca ao amor, nem as celebridades escapam a um (ou mais) desgostos. Reunimos 13 das traições mais célebres, que deixaram o mundo de coração partido.

Britney Spears e JustinTimberlake

Britney Spears e JustinTimberlake

Kevin Winter

Tiger Woods e Elin Nordegren

O "melhor golfista do mundo" deitou tudo a perder, ao rechear o casamento com Elin de várias infidelidades. Após ser tudo exposto nas revistas e jornais, o atleta não só perdeu a mulher, como também a sua reputação, e nunca mais foi o mesmo em termos profissionais.

Brad Pitt e Jennifer Anniston

Uma das mais famosas (e dramáticas) traições em Hollywood. após manter um relacionamento por cinco anos com Anniston, Pitt apaixonou-se por Angelina Jolie, com quem contracenou em Mr. and Mrs. Smith. Mantiveram um relacionamento até 2016 e, agora, a sua separação tem também sido bastante polémica.

Justin Timberlake e Britney Spears

Em 2002, após, alegadamente, Britney se ter aproximado demais do coreógrafo com quem trabalhava, terminou a relação entre dois artistas bem famosos no mundo da música. Na canção Everytime, Spears mostrou-se arrependida, pedindo o perdão do ex, que também decidiu desabafar através da música. "Agora é a tua vez de chorar", em Cry Me a River, pareceu uma resposta bastante clara.

Beyonce e Jay Z

Beyonce e Jay Z

Larry Busacca/PW

Ed Sheeran e Ellie Goulding

Após a separação dos dois cantores, especulou-se que a música Don't, de Sheeran, falava sobre uma traição de Ellie. Os rumores vieram a confirmar-se quando, em entrevista ao The Sun, Ed disse que a composição teve um efeito catártico, e que o ajudou a superar a separação. "Passou a raiva no momento em que a escrevi. É uma música que chegou na altura em que precisava de a escrever", disse.

Beyonce e Jay-Z

Um dos casais mais adorados de sempre também teve os seus momentos baixos. Em entrevista a David Letterman, no show My Guest Needs No Introduction, da Netflix, o artista confirmou os rumores que circulavam acerca de traições. À revista People, veio a explicar como os momentos em que trabalharam juntos na música funcionaram como "sessões de terapia".

Scott Disick e Kourtney Kardashian

O histórico de traições na família Kardashian já viu melhores dias. Antes de rebentar o escândalo Khloé-Tristan, já Kourtney tinha sido traída pelo pai dos filhos, Disick, acusado de ser viciado em sexo e de a ter traído diversas vezes.

Kevin Hart e Eniko Parrish

O atore desmentiu ter traído a mulher enquanto esta estava grávida para, algum tempo depois, vir a admiti-lo e a pedir desculpa pelo sucedido. Alegadamente, alguém o chantageava com um vídeo sexual em que Hart surgia com outra mulher. Em entrevista no The Breakfast Club, Kevin admitiu tudo, mas a companheira acabou por perdoá-lo.

Pascal Le Segretain

Selena Gomez e Justin Bieber

Após a separação de um dos casais de famosos mais jovens, Selena acusou o ex de a ter traído "várias vezes" durante o relacionamento que não chegou a durar dois anos. Chegaram a tentar dar uma nova (e breve) oportunidade ao amor, até que decidiram terminar de vez.

Arnold Schwarzenegger e Maria Shriver

Após 25 anos casados, Arnold e Maria anunciaram a separação, para choque de muitos, em 2011. Mas o que se seguiu foi uma bomba ainda maior: o ator manteve um caso com a empregada Patricia Baena, de quem veio a ter um filho.

Hugh Grant e Elizabeth Hurley

Em 1995, o ator foi detido por ser apanhado no carro com Divine Brown, prostituta a quem tinha pago pouco mais de 50 euros por sexo oral. Ainda assim, manteve o relacionamento com Hurley por mais cinco anos, mas a relação acabou por chegar ao fim. Hoje, são bons amigos.

A beleza de Elizabeth Hurley não impediu Hugh Grant de se envolver com uma prostituta, Divine Brown, em 1995, quando ainda estavam juntos

A beleza de Elizabeth Hurley não impediu Hugh Grant de se envolver com uma prostituta, Divine Brown, em 1995, quando ainda estavam juntos

Getty Images

Jude Law e Sienna Miller

Um dos casais mais perfeitos de Hollywood, noivos durante oito meses, viveu um período negro, após a ama dos filhos de Law, Daisy Wright, ter afirmado que tinha tido um caso com o ator. Este veio a pedir desculpa, admitindo o erro, e nos anos seguintes, a relação com Miller ficou marcada pela instabilidade. Em 2011, terminou de vez.

Jesse James e Sandra Bullock

Foi descoberto que James traía Bullock há muito tempo, com várias mulheres. O "homem mais odiado no mundo", como o próprio se caracterizou, esteve em reabilitação para o vício do sexo, e Bullock pediu o divórcio.

Woody Allen e Soon Yi

Um dos maiores escândalos surgiu quando se soube que Allen mantinha um relacionamento com a enteada Soon Yi Previn, mesmo sendo casado com Mia Farrow, que tinha adotado a menina com o ex-marido, Andre Previn. Allen e Yi acabaram por se casar, após vários obstáculos e mesmo acusações de abusos sexuais.

O mundo ficou em choque quando veio a público que Jesse James traiu Sandra Bullock. A atriz pediu loogo o divórcio, em 2010, e ele recusou receber dinheiro - apesar de, segundo o estado do Texas, não ter direito a nada porque o casamento durou menos de 10 anos

O mundo ficou em choque quando veio a público que Jesse James traiu Sandra Bullock. A atriz pediu loogo o divórcio, em 2010, e ele recusou receber dinheiro - apesar de, segundo o estado do Texas, não ter direito a nada porque o casamento durou menos de 10 anos

Pascal Le Segretain

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!