activa

Perfil

Celebridades

Marcia Cross descobre que o seu cancro foi, possivelmente, causado pelo mesmo vírus que o do marido

A atriz de 'Donas de Casa Desesperadas' foi diagnosticada com cancro anal e o marido com um tumor na garganta.

Activa.pt

Cerca de 10 anos após Tom Mahoney, marido da atriz Marcia Cross, de Donas de Casa Desesperadas, ter entrado em remissão de um cancro na garganta, a atriz foi diagnosticada com cancro anal. E, pela mesma altura, a doença do marido regressou. Dadas as circunstâncias, os médicos suspeitaram que a causa fosse a mesma: o vírus do Papiloma Humano, transmitido sexualmente.

Desde então, e após a cura da doença, Marcia tem tentado falar o mais abertamente possível acerca da mesma, de modo alertar as pessoas. Em conversa com o CBS This Morning, no passado dia 5 de junho, disse, "Eu não pensava que houvesse algo errado, não tinha quaisquer sintomas, e depois veio um exame e chegaram ao pé de mim e disseram 'Bom, só quero que saiba que, o que quer que seja, é curável' e eu fiquei tipo 'O quê? De que estão a falar?".

Durante o tratamento, a família e amigos foram o seu principal apoio, "O que eu tinha era um bando de amigas. Eu chamei-lhes os meus 'anjos anais'. Sabes, eu estava sempre a dizer, 'Se isto não me matar, é a melhor coisa que já me aconteceu'. Porque a experiência de ser amada assim foi inacreditável".

Após revelar que se sentia de volta ao normal, afirmou jamais tomar algo como garantido. "Eu sou a miúda que vai à casa de banho agora e pensa 'Sim! É incrível o que o meu corpo consegue fazer. Estou tão grata!". E no que toca à própria doença, por ter uma designação ainda "tabu" para muitos, a atriz tem um conselho.

"Eu sei que há pessoas que têm vergonha. Mas elas têm cancro! Será que têm também de se sentir envergonhadas? Como se tivessem feito algo mau só porque o tumor se alojou no ânus? A sério, já têm de lidar com muita coisa", referiu. Em seguida, brincou com o facto de, inicialmente, também lhe custar referir a palavra, "Até para mim demorou. Ânus, ânus, ânus! Temos apenas de nos habituar".