activa

Perfil

Estilo de Vida

Bebé nasce em viagem de avião

As hospedeiras de bordo fizeram o parto no meio da viagem.

Sara Santos

A Turkish Airlines deu as boas-vindas a um passageiro inesperado no meio de um voo de Conacri, a capital da Guiné, para Uagadugu, capital de Burkina Faso.

De acordo com a NBC News, a equipa de hospedeiras entrou em ação esta sexta-feira, depois de Nafi Diaby ter entrado em trabalho de parto com 28 semanas de gravidez. A equipa deitou Nafi numa fila de assentos e conseguiu fazer o parto com sucesso.

A companhia partilhou a notícia no Twitter, mostrando fotografias das hospedeiras de bordo com a pequena Kajidu.

"Bem-vinda a bordo, princesa! Os aplausos vão para a tripulação de cabine", lê-se no twitter.

"A senhora estava em sofrimento", disse Bouthayna Inanir, uma das hospedeiras de bordo, segundo a Hurriyet Daily News. "E de repente a bebé já estava no assento. Essa foi a parte mais difícil. Eu peguei nela e dei-a à mãe", contou.

A mãe e a bebé estavam bem, mas foram levadas para o hospital para serem observadas depois do Boeing 737 aterrar, de acordo com a NBC News.

No seu site oficial, a Turkish Airlines afirma que é exigido a todas as grávidas (com 28 semanas de gravidez ou mais) uma autorização dos seus médicos que confirme que é seguro para elas viajar e referindo qual a data prevista para o nascimento da criança. A companhia aérea não permite que grávidas de 36 semanas (ou mais) voem.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!