activa

Perfil

Estilo de Vida

Decoração: Ideias originais para apartamentos de estudantes

Ideias super originais para espaços jovens e irreverentes.

Mafalda Galamas

KatarzynaBialasiewicz

Há dias uma leitora enviou-me uma mensagem a propor que eu escrevesse um artigo sobre ‘habitações para estudantes’. Referia-se a ideias e sugestões a pensar, especificamente, nos jovens que se vêm ‘obrigados’ a deixar as suas casas (e cidades) rumo a esse nobre objetivo que é estudar.

‘Comprei’ a ideia na hora porque, apesar de nunca me ter visto em situação idêntica, pareceu-me relevante e merecedor de atenção. Afinal, estes jovens já se vêm privados de tanta coisa: da companhia da família, dos amigos de sempre, da comida da mãe, dos lugares da infância, e por aí fora. Ao menos que consigam nas suas novas realidades, construir ‘ninhos’ confortáveis, acolhedores e dignos de boas memórias, daquelas que ficam para a vida.

Pus-me em campo e trago-vos algumas sugestões. Mas, claro que antes não poderia deixar de falar com a Rita Rodrigues, a leitora-mãe que sentiu a necessidade de pensar neste tipo de decoração quando os filhos foram estudar para longe, neste caso para o Porto. “Necessitavam de um espaço apelativo e agradável para estudar, mas também para receber colegas ou conviver”, explica.

SOLUÇÕES ENCONTRADAS:

Rita partilha de que forma deu a volta ao problema, sem gastar muito dinheiro: ”Comecei por mobilar e decorar o apartamento recorrendo à reciclagem, alterando algumas peças de mobiliário.”

Algumas das ideias mais originais foram:

– Transformar pranchas de skate e baldes em candeeiros;

– Da tampa de um balde ‘nasceu’ um relógio;

– Cadeiras de plástico e bancos velhos levaram uma nova roupagem;

– Com papel machê, (uma massa feita com papel picado embebido em água, coado e misturado com cola e gesso, que permite depois moldar objetos em diferentes formatos), foram feitas fruteiras e outros objetos decorativos;

– Os azulejos da cozinha, lisos, foram salpicados com ‘pacmans’ comilões em papel autocolante;

– Uma mesa-de-cabeceira velha, foi pintada com stencil e outra pintada e com colagens.

– Sofás velhos foram cobertos com tecidos alegres e coloridos;

DEIXO-VOS OUTRAS SUGESTÕES (BEM) DIVERTIDAS:

Estes apartamentos querem-se modernos, práticos e funcionais. Pintá-los com cores claras e alegres irá dar a sensação de uma divisão mais ampla, leve e arejada. No fundo, à imagem da mente de um jovem.

E já pensaram na hipótese de decorar o quarto com uma cama suspensa? Ocupa muito menos espaço e é garantidamente mais irreverente.

Ou até, quem sabe, uma cama (ou sofá) improvisada, com o colchão por cima de paletes de madeira previamente pintadas.

Se é estudante tem de ter uma escrivaninha! Estes jovens precisam de espaço para trabalhar e para arrumar os seus livros, dossiers, pastas de arquivo, cd’s, jogos e consolas, em prateleiras.

Se o apartamento tiver pouco espaço, o ideal será aplica-las na parede. Uma nota apenas… Mobílias lacadas de branco também dão sempre um ar mais juvenil que mobiliário em madeira escura.

Tratando-se de um jovem é normal que as paredes reflitam isso mesmo. Portanto, fotografias, posters, stencils, pinturas, (ao género de arte urbana), são permitidas…com alguma moderação. Caso contrário, o ‘ruído’ será tanto que a divisão parecerá ainda mais pequena.

Depois, há sempre quem prime pela originalidade. Por que não pendurar pranchas ou outros objetos nas paredes?

Uma mesa e cadeiras dobráveis pode ser, igualmente, uma boa opção em espaços exíguos. O importante é que mesmo guardados em armários durante o dia a dia, existam condições quando aparecem visitas. Também podem espalhar pufes. Vários e de cores vivas!