activa

Perfil

Estilo de Vida

Este ano, o Rock in Rio vai ser "de arrepiar"

Roberta Medina revelou as grandes novidades da edição de 2018 do festival.

Filipa Bulha Pereira

Roberta Medina

Roberta Medina

O Rock in Rio Lisboa está mesmo ao virar da esquina! Na antecipação do evento, Roberta Medina recebeu a imprensa num estúdio situado no piso superior do Time Out Market, em Lisboa, e desvendou os segredos mais bem guardados do festival.

A responsável pela realização do festival na capital portuguesa e em Madrid começou por explicar que se trata de um "parque temático da música, um espaço para se ser feliz".

A próxima edição, a oitava em Portugal, acontece já no próximo mês de junho, no Parque da Bela Vista. Miúdos ou graúdos, sozinhos ou acompanhados, com amigos ou família, os fãs do evento são transversais.

"Gostam de música, de gastronomia, de dança, de arte", acrescentou. E por isso mesmo, este ano, o festival traz uma nova proposta que pretende elevar o conceito de experiência a um novo patamar.

Nesse sentido, haverão zonas dedicadas à dança, à cultura pop, ao digital, ou mesmo ao gaming. No que toca a este último, existirá uma arena de jogos, antigos e modernos, e será possível assistir à performance de jogadores profissionais.

Quanto ao mundo digital, Roberta Medina diz que o palco Super Bock Digital contará com a presença de "tudo o que é sucesso no mundo digital", desde YouTubers a humoristas.

Também não faltarão Somersby Pool Parties, danças de rua, holofotes, projeções e, claro, concertos. Muitos concertos. E algum deles de nomes muito esperados, como é o caso de Bruno Mars.

"A expectativa é gigante. Aliás, há muitos anos que quero ter Bruno Mars em Lisboa. Tivemos Bruno Mars nos Estados Unidos e eu não consegui assistir ao concerto! Desta vez, vou assistir. É dos melhores concertos do mundo! Aliás, ele ganhou todos aqueles Grammys há dois dias", contou-nos Roberta.

Para já, resta anunciar que a grande, e tão "nossa", novidade é mesmo um novo espaço totalmente dedicado à gastronomia portuguesa, o Time Out Market Rock in Rio. Com 380 lugares sentados, esta zona contará com 14 chefs a assegurar que há diversidade gastronómica suficiente para "acompanhar a tendência dos millennials", revelou João Cepeda, presidente e diretor criativo da iniciativa.

A cozinha de alta qualidade ficará a cargo de alguns dos melhores chefs portugueses como, por exemplo, Alexandre Silva, Henrique Sá Pessoa, Marlene Vieira e Vítor Sobral. Além destes nomes, estarão presentes marcas como O Prego da Peixaria, Sea Me, Asian Lab ou a Manteigaria - Fábrica de Pastéis de Nata.

1 / 5

Agencia Zero

2 / 5

Agencia Zero

3 / 5

Agencia Zero

4 / 5

Agencia Zero

5 / 5

Agencia Zero

A atenção ao pormenor será, pois, elevada. Até porque, conta-nos João Cepeda, um estudo terá revelado que a maioria dos turistas realça a "quantidade" da comida portuguesa, ao invés da "qualidade", algo que terá assustado o empresário. Ora, que melhor evento há para divulgar a qualidade da comida portuguesa, que não o maior festival musical do mundo?

O evento, cuja primeira edição em Lisboa foi em 2004, decorrerá nos dias 23, 24, 29 e 30 de junho de 2018. Este ano, para facilitar a movimentação das pessoas e o acesso a transportes públicos, as portas irão abrir às 12h e encerrar às 2h da madrugada. Os espetáculos a decorrer no Palco Mundo deverão terminar pelas 00h30.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!