activa

Perfil

Estilo de Vida

YouTube proíbe vídeos com armas

Saiba o que vai mudar na política da plataforma.

Activa.pt

kizilkayaphotos

O YouTube anunciou que vai apertar as restrições em relação a vídeos com armas de fogo.

O serviço de streaming de vídeos, que pertence ao Google, fez saber através de um comunicado que vai banir vídeos que promovam a fabricação ou venda de armas de fogo e dos seus acessórios como, por exemplo, munições. O plano foi desenvolvido com o acompanhamento de um especialista nos últimos quatro meses e vai entrar em vigor já em abril.

A empresa já tinha banido vídeos que ensinam a disparar armas mais rápido, uma técnica que foi usada por um atirador que matou 58 pessoas em Las Vegas no outono de 2017. A nova mudança surge numa altura em que o YouTube e outras plataformas enfrentam um escrutínio crescente depois do massacre em Parkland, Flórida, em que 17 pessoas foram mortas no Liceu Marjory Stoneman Douglas.

Dias depois do ocorrido, um vídeo que promovia uma conspiração infundada sobre um dos sobreviventes tornou-se tendência no site, o que levou a uma repressão desse tipo de conteúdos.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!