activa

Perfil

Estilo de Vida

Esta blogger publica fotos das suas "mamas descaídas" para inspirar outras mulheres

"O meu maior objetivo é simplesmente normalizar a natureza".

Cláudia Turpin

D.R.

Chidera Eggerue usa a sua conta no Instagram para promover o positivismo corporal, especialmente no que diz respeito a seios.

A jovem britânica de 23 anos deixou de usar sutiã aos 19, aprendeu a amar o próprio corpo e tornou-se viral ao partilhar fotos em que usa as últimas tendências do mundo da moda acompanhadas do hashtag #SAGGYBOOBSMATTER ('as mamas descaídas importam', em tradução livre), com o objetivo de demonstrar que a aceitação deve abranger também o peito, que seja arrebitado ou descaído.

Instagram

Eggerue deu início a esta campanha em 2017 depois de reparar que a maioria dos anúncios não incluem mulheres com peitos pouco firmes, algo que pode ser natural, desenvolvido com o passar do tempo ou depois de uma gravidez e de amamentar.

"Tem sido muito emocionante receber mensagens de mães que estão a amamentar em que expressam e celebram quão felizes se sentem por terem encontrado este hashtag porque sentiam muita vergonha dos seus corpos, apesar de estarem a participar no lindo processo natural de amamentar os seus filhos recém-nascidos", explicou numa entrevista ao 'INSIDER'.

Instagram

A mensagem de Chidera valeu-lhe uma conta verificada e quase 100 mil seguidores no Instagram, bem como projeção no Reino Unido e a nível internacional. Contudo, não deixa de ser alvo de comentários desagradáveis online - algo que vê como um lembrete do motivo pelo qual continua a publicar imagens que promovem a auto-aceitação.

"O meu maior objetivo é simplesmente normalizar a natureza. Nem todas as mamas naturais são descaídas. Nem todas as mulheres mais velhas têm mamas descaídas. As mamas são só mamas", disse.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!