activa

Perfil

Estilo de Vida

Tess Holliday indignada com app que alterou o seu corpo sem permissão

A conhecida modelo plus-size tem orgulho nas suas curvas.

Activa.pt

Reprodução/Instagram

Tess Holliday não está nada feliz com o facto de uma aplicação ter usado uma fotografia sua sem permissão para mostrar uma funcionalidade que permite 'emagrecer' os corpos dos utilizadores.

A modelo plus-size descobriu a app PIP CAM quando deu com um anúncio no Instagram. Holliday partilhou o vídeo - que mostra o seu corpo a ser alterado digitalmente - na sua conta pessoal para apontar o dedo à empresa, bem como à rede social por permitir a publicidade.

"Uma app que tem quase 50 mil downloads foi estúpida o suficiente para roubar fotos minhas e de duas outras mulheres plus-size e usá-las para este disparate", escreveu a modelo de 32 anos. "O facto de alguém achar que não há problema em vender isto a alguém é aterrador".

Instagram

A estrela acrescentou que os conteúdos patrocinados e anúncios no Instagram estão a tornar-se excessivos, frisando que nunca se associou ou associará a marca, a não ser que a use mesmo ou que a recomendasse à sua melhor amiga.

"Já me ofereceram quantidades absurdas de dinheiro para vos vender todo o tipo de coisas, como branqueadores de dentes (que não funcionam), produtos para perder peso (que são perigosos), etc.", confessou. "Não deixes que ninguém te faça sentir que precisas de alterar a tua aparência ou quem és. Tu és suficiente. Tu mereces amor com o teu corpos atual, independentemente do aspeto desse corpo".

Para terminar, Tess fez saber que os seus advogados entrarão em contacto com os responsáveis pela aplicação.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!