activa

Perfil

Estilo de Vida

Miss América exclui desfile em fato de banho

A competição pretende deixar de julgar a aparência física das aspirantes ao título.

Activa.pt

Donald Kravitz

O movimento pelo positivismo corporal acaba de registar mais uma grande vitória.

O Miss América vai dizer adeus ao desfile em fato de banho, uma das suas tradições mais antigas, porque a organização já não quer julgar as concorrentes pela aparência física.

Gretchen Carlson, vencedora do concurso em 1989, é a nova Presidente do Conselho de Curadores da Organização Miss América anunciou a decisão nesta terça-feira, 5 de junho, no programa matinal 'Good Morning America'.

"Já não somos um concurso. Somos uma competição", afirmou.

Em vez do desfile em fato de banho, as aspirantes a Miss vão participar numa sessão interativa ao vivo com os jurados e terão de demonstrar a sua paixão, inteligência e conhecimento do cargo no geral. A organização também vai eliminar a prova em vestido de gala.

O Miss América começou há quase um século em Atlantic City como um concurso de beleza, contudo a organização tem sido alvo de muitas críticas nos últimos anos, sendo que a prova em fato de banho, considerada misógina por muitos, era a que causava mais polémica.

De salientar que a organização ainda está a recuperar de um escândalo em que vieram a público e-mails nos quais o antigo CEO e outras pessoas insultavam a aparência e intelecto de antigas vencedoras, incluindo Carlson.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!