activa

Perfil

Estilo de Vida

O truque para encontrar passagens aéreas mais baratas online

Este simples passo pode poupar-lhe muitos euros.

Activa.pt

Reprodução/Instagram

A internet veio facilitar várias tarefas no dia-a-dia, incluindo comprar passagens aéreas.

Regra geral, procuramos os melhores negócios online ao comparar as ofertas em sites de pesquisa global, como é o caso do Momondo ou do Skyscanner. Mas há um passo que muitas vezes é esquecido e que pode fazer uma diferença significativa no preço final: navegar em modo privado no seu browser de eleição. E porque motivo deve esconder a sua identidade? De acordo com declarações da especialista em marketing Jane Garcia Buhks ao The ZoeReport.com, tudo se resume aos cookies, as pequenas etiquetas de software que são armazenadas no seu computador através do browser, retendo informação relacionada com as suas preferência.

"Os sites querem aprender o máximo possível sobre as pessoas que os visitam, e os browsers da internet rastreiam o que fazemos enquanto os usamos - onde estamos, que sites visitamos, que tipo de informações digitamos nos formulários da web. Eles armazenam essa informação", explicou.

Enquanto a maioria das plataformas usam os dados por motivos mais transparentes como, por exemplo, otimizar a experiência do utilizador e melhorar futuras táticas de marketing, alguns também podem usá-los para calcular preços para cada indivíduo baseados em fatores como o rendimento e morada - o que significa que os preços que vê podem não ser necessariamente os mais baratos disponíveis.

Apesar de Buhks sublinhar que os sites de reservas não admitem recorrer a esta tática, conhecida como precificação dinâmica, acredita que existem mais que provas suficientes da sua existência.

"Foi estudada por investigadores, investigada por jornalistas e, mais recentemente, denunciada por políticos".

Contudo, navegar em modo privado limita a quantidade de informação sobre o utilizador a que os sites têm acesso, e a informação que reúnem durante a pesquisa é perdida quando fecha o browser.

Jane Garcia Buhks deixa ainda outra dica para encontrar passagens a preços verdadeiramente baixos.

"Quando usar um agregador ou site de reservas como o Google Flights, Expedia ou Kayak, compare sempre o preço que eles apresentam com o preço oferecido pela própria companhia [na página oficial da mesma]".

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!