activa

Perfil

Estilo de Vida

Dormir e fazer sexo são os segredos da felicidade

Bom, pelo menos de acordo com um novo estudo.

Sâmia Fiates

TE YAPR

Parece que passar tempo na cama faz parte de uma vida feliz. Pelo menos é o que aponta um estudo desenvolvido pela Oxford Economics e o Centro Nacional de Pesquisas Sociais do Reino Unido, e promovido pela rede de supermercados Sainsbury’s. O objetivo era calcular um ranking de bem-estar e o resultado aponta que dormir bem e ter uma boa vida sexual são os segredos da felicidade.

A pesquisa usou respostas de mais de oito mil britânicos assentes em oito pilares principais: qualidade do sono, vida sexual, segurança no trabalho, saúde de parentes próximos, interação com os vizinhos, redes de suporte, presença de crianças em casa e status do relacionamento. As respostas foram traduzidas em classificações de 0 a 100 e a média ficou nos 62.2.

Ao comparar os hábitos de vida das pessoas que ficaram no topo e no final do ranking, os investigadores perceberam que dois fatores tiveram maior impacto no nível de felicidade das pessoas. Entre os valores mais altos, 60% deles disseram que acordam bem descansados depois de uma noite de sono, enquanto apenas 5% dos com valores mais baixos afirmam dormir bem. As pessoas que têm uma melhor qualidade de sono marcaram 15 pontos a mais que as outras no ranking de bem-estar.

Já quando o assunto é sexo, aqueles com a vida sexual mais satisfatória marcaram 7 pontos a mais em comparação com os insatisfeitos sexualmente. É importante destacar que as respostas não estão relacionadas à frequência com que as pessoas fazem sexo, mas sim como se sentem em relação à sua vida sexual.

O aumento no salário não é um fator relevante para a felicidade, segundo esta pesquisa. O estudo mostrou que um salário quatro vezes maior só representaria um aumento de dois pontos no ranking de bem-estar. Está provado cientificamente: dinheiro não compra felicidade.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!