activa

Perfil

Estilo de Vida

Noiva cancela casamento após convidados não aceitarem contribuir com cerca de 1300 euros

Um requisito, no mínimo, insólito.

Activa.pt

© Michael Dalder / Reuters

E se a convidassem para um casamento, com a condição de pagar cerca de 1300 euros? Qual seria a sua reação? Pois, parece mentira. Mas aconteceu mesmo. Uma noiva pediu aos convidados que contribuissem para o casamento dos seus sonhos. O pedido não foi - obviamente - satisfeito, e a mulher, cuja identidade não foi revelada, recorreu às redes sociais para desabafar acerca do sucedido.

Num grupo do facebook, pode ler-se o texto, que começa com uma resumo da história de amor dos noivos, que, após o casamento falhado, terminou. "Tudo o que pedimos foi uma pequena ajuda dos nossos amigos e família para torná-lo realidade", afirma, após explicar que tinha conhecido o ex-companheiro aos 14 anos, ficado noiva aos 18 e tido um filho aos 20. Depois, refere que ambos decidiram juntar 15 mil euros para a cerimónia, até perceberem que a festa que queriam iria custar um pouco mais, cerca de 60 mil.

Além destes valores, a madrinha da noiva deveria contribuir com cerca de 5 mil e os pais do noivo com 3 mil. "Nós deixámos claro que, caso não pudessem contribuir, não estariam convidados para o nosso casamento exclusivo. É uma festa que só acontece uma vez na vida", continuou, acrescentando que ficaram "chocados" quando apenas oito pessoas enviaram um cheque.

A rapariga ficou particularmente irritada, após a sua madrinha ter sugerido que se restringisse ao dinheiro que tinha disponível - "Como é que alguém que me ofereceu milhares de euros me podia negar o dinheiro prometido e ainda me dizer para reduzir o orçamento?". As reações à publicação, visíveis através dos comentários, não foram, como seria de esperar, simpáticas.