activa

Perfil

Estilo de Vida

5 truques de meditação infalíveis para quem não se consegue concentrar

Alerta, cérebros distraídos!

Activa.pt

Weedezign

No mundo frenético em que vivemos, em que tudo é para ontem, e vivemos a pensar no que podemos ter ou fazer amanhã, é importante, de vez em quando, clicar no botão de "pausa". E que melhor forma de o fazer que a meditação? Os benefícios estão provados e não tem custos associados. O problema é mesmo concentrarmo-nos. Para isso, sugerimos estes cinco truques.

Usar áudio - hoje em dia, existem várias aplicações que podem ser uma grande ajuda nesta luta zen. Utilizar um áudio, que funciona como uma espécie de guia, poderá evitar que o cérebro voe para lugares distantes - como acontece frequentemente quando estamos, simplesmente, em silêncio. Ao focarmos a nossa atenção no que alguém diz, estamos, sem nos apercebermos, a desligar as vozes do nosso cérebro irrequieto.

Foque a atenção em algo monótono - se se concentrar na própria respiração, contando o número de vezes que inspira e expira, poderá conseguir bons resultados. Basta contar 10 de cada para se sentir mais calma. Numa publicação no Medium, Brady Salcid revelou um truque que aprendeu com outro médico, Joe Dispenza: imaginar que a nossa cabeça é um aquário nublado e que, com cada inspiração e expiração, vamos eliminando o nevoeiro. Ao fim da contagem de 20, o aquário está limpo.

Começar devagar, praticar e não desistir - a meditação leva tempo. A ideia de que devemos começar logo a meditar durante 20 minutos não é a mais correta. Podemos começar com períodos de um ou dois minutos, desde que o façamos todos os dias. Não nos tornaremos especialistas da noite para o dia, pelo que este é um treino do cérebro que demora algum tempo a "entranhar-se" na nossa rotina.

Defina qual o melhor horário - também este truque exige prática. Deve experimentar meditar em diferentes alturas do dia, para perceber quando consegue ver melhores resultados. Até pode tentar na pausa do almoço, para recarregar energias! Uma boa ideia é meditar durante períodos mais curtos durante a semana e, ao fim de semana, ou quando a nossa agenda o permite, apostar em meditações mais prolongadas.

Ter uma espécie de mantra - dizer afirmações positivas ou algo que nos deixe felizes e relaxadas durante a meditação, pode ter efeitos incríveis. Isto porque, nesses momentos, o nosso cérebro torna-se uma espécie de "tela em branco", pronta a receber tudo aquilo que lhe damos. Por isso, mais vale pensarmos em algo muito bom! Se preferir, em vez de frase, pode apenas imaginar algo que gostava que acontecesse, como uma visão, e focar-se nisso.