activa

Perfil

Estilo de Vida

Descubra quais os gelados menos calóricos deste verão

Com a subida das temperaturas, não há como resistir a um bom gelado. Contudo, existem opções mais saudáveis do que outras.

Activa.pt

iStock

Quando o verão chega, o desejo por gelado aumenta, especialmente após uma primavera tão veranil quanto a de 2019! Mas, será que os gelados são saudáveis? Quais os benefícios dos gelados? Fazem mal à saúde? Esta não é uma resposta tão simples como um Sim ou um Não. O diretor clínico dr. Daniel Atkinson desmistifica alguns dizeres comuns acerca dos benefícios e malefícios da sobremesa preferida do verão.

Onde surgiu o gelado?
Primeiramente, alguns fatos históricos. A origem do gelado pode ser mais antiga do que imagina. Existem diversas versões sobre quando o primeiro gelado foi criado. Algo semelhante ao gelado de hoje em dia foi feito na China em 618-97 DC, feito com leite búfalo, farinha e cânfora. Novamente na China, uma mistura feita com arroz e leite congelado através da neve foi inventado em torno de 200 AC.

Uma das mais interessantes versões da propagação do gelado está relacionada com o famoso mercador italiano, Marco Polo, entre os anos 1254 e 1354. Acredita-se que ele viu gelados serem feitos na China, durante a sua visita ao país, o que poderia ser o ponto de partida do famoso “gelato” italiano!

Qual é o gelado mais saudável?
Hoje em dia, temos diferentes versões de gelados pelo mundo, como os à base de água ou leite, os veganos, de baixa caloria e os iogurtes gelados. Selecionamos alguns dos gelados mais populares que são facilmente encontrados em qualquer praia da Europa para que possa obter todas as informações necessárias para ter a sua saúde em atenção.

Entretanto, as calorias não são a única informação importante na composição dos gelados, a gordura, o açúcar, entre outros fatores também devem ser considerados. A tabela abaixo é interativa, portanto, ao clicar na seta ao lado da informação que deseja consultar, poderá ver as informações em ordem cronológica crescente ou decrescente.

Gelado é saudável ou um perigo para a saúde?

Mitos versus fatos.

Os mais aficionados afirmam que os gelados fazem bem à saúde. Conversamos com o dr. Daniel Atkinson para verificar alguns dos benefícios para a saúde mais aclamados e nos dizer quais são falsos ou verdadeiros:

O açúcar no sangue mantém-se o mesmo: Muitas pessoas acreditam que o gelado contém muito açúcar, o que faz com que tenha picos de açúcar no sangue. O Dr Atkinson discorda desta afirmação caso esteja em boa saúde. Entretanto, se tiver diabetes, pré-diabetes ou alguma outra condição afetada pelo açúcar, tomar gelados pode sim criar um aumento do açúcar no sangue, especialmente quando não se consegue resistir repetir.

O gelado aumenta a fertilidade e a libido: De acordo com um estudo da Universidade de Harvard, tomar gelados pode aumentar a fertilidade e a libido. Checamos esta informação com o Dr Daniel, que confirma que sim, isto pode ser verdade! Laticínios gordos, como gelados, são bons para a regulação hormonal e, portanto, podem ter um efeito positivo sobre as suas chances de engravidar e o seu desejo sexual. Mas cuidado com exageros! O Dr Atkinson afirma que: “tomar muitos gelados pode gerar ganho de peso, que irá reduzir a fertilidade”.

Ganho de força muscular e óssea: O dr. Daniel Atkinson concorda que a maioria dos gelados contém cálcio e fósforo, o que pode tornar os ossos e os músculos mais fortes ao tomar um gelado durante o verão. Entretanto, ele menciona que há métodos mais saudáveis para ganhar esta força, como ao consumir frutas e vegetais frescos.

Gelados contém vitaminas: Os gelados não só podem contribuir para ganho de força muscular e óssea, como também contém vitamina B e potássio, que são boas para a função cerebral, níveis energéticos, baixar a pressão sanguínea e reduzir o risco de acidente vascular encefálico.

Uma pequena nota adicional sobre os gelados

Os gelados são um grande sucesso durante o verão, entretanto, o Dr Atkinson aconselha a consumir com moderação: “alguns doces de vez em quando não causa muitos problemas, em geral, em pessoas saudáveis… mas devemos focar em consumir o quanto possível, alimentos com menos açúcar ou não processados”. Apesar os benefícios para a saúde que podem vir do consumo de gelados, o excesso pode causar obesidade ou doenças relacionadas com a obesidade, potencialmente a diabete, pouca concentração e até mesmo vício. O consumo de muito gelado à base de leite pode também contribuir no ganho de gordura na barriga, que é bastante difícil de perder e que pode contribuir para outras doenças.

Link original: https://pt.treated.com/blog/blog/gelados-verao-saude