activa

Perfil

Estilo de Vida

Fotógrafos de casamentos revelam os sinais de alerta de uma união condenada

Da infidelidade à forma como os noivos cortam o bolo.

Activa.pt

mofles

Um casamento é sinónimo de momentos arrebatadores: a noiva sobe ao altar, os recém-casados dão o primeiro beijo, depois cortam o bolo e todos celebram na pista de dança.

Mas estes e outros momentos também podem dizer muito sobre se o casal vai continuar a ser feliz - e ninguém tem mais sensibilidade para isto do que os fotógrafos, que são pagos para capturar tudo com câmaras. Quanto mais trabalhos têm, mais facilmente conseguem identificar os sinais de alerta de uma relação condenada. Prova disso é uma publicação viral do Reddit em que alguém fez a seguinte pergunta: "Fotógrafos e videógrafos de noivados e casamentos do Reddit, vocês já desenvolveram um sexto sentido sobre se os casamentos vão prosperar ou não? Quais são as 'luzes' verdes e vermelhas?"

Desde então, o post recebeu milhares de respostas, sendo que as principais são de profissionais na área. Veja-as, abaixo.

Quando há infidelidade

"Provavelmente quando a noiva ficou completamente bêbeda e disse a toda a gente na festa (naquele sussurro embriagado em voz alta) que andava enrolada com o irmão do noivo" (videógrafo)

Quando os noivos não estão em sintonia

"Um noivo embriagado e do tamanho de um gorila atacou-nos quando nós parámos de tocar, depois de já termos ultrapassado os 60 minutos para os quais fomos contratados. A mãe dele envolveu-se e afastou-o. A noiva estava em lágrimas. Esse foi um sinal de alerta e eles duraram uns quantos meses" (membro de uma banda)

"Um casal pagou-nos a viagem para a Islândia para a sua produção de noivado. Nos primeiros dias, estava tudo bem e as coisas pareciam normais. Mas naquele país, algumas opções de alojamento não são muito luxuosas. O noivo reservou, essencialmente, um barracão (aqueles para os acampamentos de verão) e a noiva perdeu a cabeça. Queixou-se a noite toda. Mais tarde, descobri que se separaram um mês antes do casamento." (videógrafo)

Krivinis

Quando um tenta mudar o outro

"Tentei conhecer os dois antes, para que pudesse incorporar os seus hobbies e características únicas no meu produto. Havia um tipo que adorava póquer, cerveja artesanal, cigarros, conviver com os amigos barulhentos, videojogos, etc. Planeei uma sessão em que tinha todos os seus amigos num saloon, e ele vê a noiva, etc. Mas ela entra e declara 'Oh, ele vai deixar de fazer essas coisas'. O pobrezinho sentou-se em silêncio enquanto eu tentava, de forma constrangedora, fazer outro plano. Depois do casamento, quando eu estava a meio da pós-produção, ele ligou-me e disse que pediu a anulação. Quis dizer 'eu podia ter avisado!' mas quis manter-me neutro." (videógrafo)

A teoria do bolo

"Juro que todos os casais que se separaram, esfregaram bolo na cara do parceiro. Nenhum dos casais 'civilizados' teve problemas. É a minha experiência estranha e anedótica. Talvez seja um sinal de que têm respeito um pelo outro." (fotógrafo)

A exceção à regra

Apesar de todos os sinais de alerta, também há formas de ver se a relação de um casal é forte. Fotógrafos e videógrafos concordam que "se a noiva se sente confortável, é mais fácil apanhá-la a rir e a sorrir" e ele pode fazer pedidos do género 'faz aquele olhar que me fizeste no restaurante de fast food'", é mais fácil entrar nos seus mundos e piadas privadas e criar coisas divertidas para a posterioridade.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!