activa

Perfil

Estilo de Vida

6 coisas que nunca deve dizer a alguém que já foi traído

Há que evitar certas observações.

Activa.pt

triocean

Entrar num relacionamento com alguém que já foi traído não é tarefa fácil. Há, normalmente, algumas dificuldades em confiar no outro e de se entregar totalmente. Além disto, importa saber que determinadas observações não são assim tão bem-vindas, já que podem magoar ou, simplesmente, ser dispensáveis. Confira 6 delas, reunidas pela Cosmopolitan, que consultou alguns especialistas:

1. "Estás a projetar as tuas inseguranças em mim"

Deixar ir os sentimentos associados a uma traição pode ser bastante difícil, nomeadamente pelo facto de, com ela, vir, por norma, bastante insegurança. Por isto mesmo, esta frase pode apenas fazer a pessoa traída sentir-se ainda mais insegura. Em vez disto, deve perguntar como a pode ajudar a sentir-se mais apoiada ou segura - pequenas demonstrações de que gosta da pessoa também são essenciais, sobretudo, quando estão longe uma da outra e os medos de traição são maiores.

2. "Não tens nada a ver com isso"

Se a pessoa traída no passado quiser saber algo relacionado com a vida ou algum evento do parceiro atual e esta for a resposta, os sentimentos de insegurança aumentarão. Qualquer comportamento misterioso ou secreto pode despoletar uma série de sentimentos negativos. Discutirem, frequentemente, expectativas que têm para a relação, bem como falarem das pessoas e atividades que são importantes para cada um é bastante importante para a construção da confiança.

3. "Não sou como os outros, não te faria isso"

Esta é uma das frases totalmente dispensáveis. Sobretudo, porque dizê-la não traz qualquer prova de que tal não acontecerá. Muito provavelmtente, o ex da pessoa traída disse-o, assim como a maioria das pessoas que traem mais que uma vez diz.

4. "Estás a ser paranóica"

Eis um campo de minas! Proferir esta frase significa que está a ignorar os sentimentos da outra pessoa, as inseguranças ou receios desta, sem a ajudar a ultrapassá-los. E isto pode fazer com que estas sintam que o trauma por que passaram foi culpa sua. É claro que há exceções e a obsessão irracional constante não é saudável e deve ser falada abertamente entre o casal para evitar problemas mais sérios.

5. "Não me vou meter nisto de novo"

Discutir muitas vezes sobre o mesmo assunto e usar esta frase para o encerrar pode fazer a outra pessoa sentir que está, de facto, a esconder algo. Tentar perceber qual a real raíz do problema - quais os "gatilhos" ou padrões que levam a estas discussões - pode fazer com que entenda melhor os motivos do outro e resolvam tudo de forma cordial.

6. "Tens de esquecer o passado"

Não falar sobre o trauma que sofreu significa que dificilmente conviverá em paz, a dois. Pelo contrário, falar com o seu parceiro, em detalhe, acerca de tudo o que a magoou pode fazer com que este entenda quais as principais situações ou contextos em que se poderá sentir mais insegura. Comunicação é chave!

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!