Cantora Lorde critica David Ghetta, Taylor Swift e Selena Gomez

A nova sensação pop, a neozelandesa Lorde, recusou-se a cantar com o Dj francês, acrescentando que Guetta era 'nojento'. Taylor Swift e Selena Gomez também não escaparam à má-língua.

Activa.pt
14/11/2013 20:23
Lorde.jpg

Neilson Barnard

Lorde – o nome artítico da neozelandesa Ella Maria Lani Yelich-O'Connor – é a nova sensação da música pop e, com 17 anos acabadinhos de fazer (a 7 de novembro), conseguiu tornar-se uma das artistas mais ouvidas em todo o mundo. O single 'Royals' chegou ao primeiro lugar da tabela Billboard Hot 100, tornando-a na primeira artista do seu país a conseguir um número 1 nos Estados Unidos.

Mas Lorde, apesar de muito nova, já demonstra não ter papas na língua e é bastante seletiva, no que toca a convites para colaborações. Quando o seu manager lhe comunicou que o DJ francês David Guetta a tinha convidado a participar numa das suas músicas mais recentes, Lorde terá dito "Nem pensar! Ele é tão nojento!", informa um artigo sobre a artista, publicado no site FasterLouder.

Numa entrevista controversa ao site, a cantora também mencionou o nome de Taylor Swift e de Selena Gomez, acusando-as de serem uma má representação da mulher no mundo da música Pop. Lorde afirma que Taylor mostra-se como inacessível nas suas músicas e que essa não era uma boa imagem a dar às jovens.

No que toca a Selena Gomez, ainda foi mais detalhada na sua acusação: "Nas suas canções, ela parece dizer que as mulheres devem submeter-se aos desejos dos homens. Essa visão da mulher deixa-me louca!"

A cantora apresenta uma visão mais feminista nas suas músicas e não concorda com a forma como alguns artistas Pop se apresentam a milhares de jovens influenciáveis.

Artigos Relacionados

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

As Nossas Escolhas

cada vez mais, ACTIVA!

Assinaturas

A sua revista com ofertas e descontos até 55%

Mobile

No seu telemóvel ou tablet, todos os dias

Facebook

Twitter