Depois de muitas críticas, Gigi Hadid é obrigada a defender a sua imitação de Melania Trump

A modelo escreveu uma carta à mão e publicou-a no Twitter.

Cláudia Turpin
22/11/2016 16:21

Uma boa parte da América não achou graça nenhuma ao momento em que Gigi Hadid imitou Melania Trump nos American Music Awards (AMA).

Recorde-se que a modelo apresentou o espetáculo ao lado de Jay Pharaoh e incorporou' a nova Primeira-dama no seu monólogo de abertura, fazendo referência ao facto de Trump ter plagiado um discurso de Michelle Obama durante a Convenção Nacional Republicana.

Hadid sofreu com a repercussão negativa da brincadeira e recorreu ao Twitter para se defender através de uma carta escrita à mão.

"Senti-me honrada por apresentar os AMA's ontem e por trabalhar com alguns dos argumentistas mais respeitados no ramo. Removi ou mudei tudo no guião que achei que levava a piada demasiado longe, e quer escolham vê-lo ou não, o que sobrou foi feito com bom humor e sem más intenções", escreveu. "Eu também já fui o centro de sketches transmitidos na televisão nacional que gozavam com os meus atos, e fui capaz de lhes achar graça. Acredito que a Melania percebe o show business e a forma como os espetáculos são escritos e geridos. Peço desculpa a qualquer pessoa que ofendi e apenas desejo o melhor para o país. Com todo o respeito, G", concluiu.

Artigos Relacionados

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

cada vez mais, ACTIVA!

Assinaturas

A sua revista com ofertas e descontos até 55%

Mobile

No seu telemóvel ou tablet, todos os dias

Facebook

Twitter