activa

Perfil

Filhos

Mães 'chatas' criam filhas mais bem-sucedidas

"Eu bem te avisei," dizem as nossas mães unissonamente neste momento.

Activa.pt

D.R.

Ora, aqui está uma notícia que vai agradar a muitas mães!

"Arruma o quarto!"; "Só sais da mesa quando acabares de comer!";" Leva o lixo à roto!"; "Já acabaste os trabalhos de casa?!"

É-lhe familiar?

Pressionar a sua filha para realizar certas tarefas pode não ser entusiasmante para ela naquele exato momento, mas ela vai agradecer-lhe mais tarde. Aliás, de acordo com um estudo conduzido pela Universidade de Essex, em Inglaterra, provavelmente até será mais bem-sucedida que as pessoas que não tiveram mães 'chatas'.

Entre 2004 e 2010, os investigadores seguiram as vidas de 15,500 raparigas com idades entre os 13 e os 14 anos, e descobriram que aquelas com mães que estabeleciam padrões altos para elas durante a infância tinham uma maior probabilidade de frequentar a universidade e de ganhar salários mais altos.

Outro bónus de se ter uma mãe considerada ranzinza? Essas mesmas raparigas têm uma menor probabilidade de se tornarem mães adolescentes.

Portanto, os raspanetes talvez não sejam assim tão maus. Certo?