activa

Perfil

Filhos

As crianças não confiam em homens com barba

Esta é a principal conclusão de um novo estudo.

Activa.pt

FatCamera

Se tem filhos e está a pensar em deixar crescer a barba, um novo estudo sugere que talvez não seja boa ideia.

A barba transmite certas mensagens de masculinidade para diferentes pessoas em diferentes alturas, dependendo das normas culturais sobre pelos faciais. Por exemplo, de acordo com outras investigações, as mulheres tendem a ver os homens com barba como melhores potenciais pais. Os outros adultos, no geral, tendem a ver os homens com barba como mais fortes, dominantes e, ocasionalmente, mais zangados e agressivos. E o que pensam os mais novos? A Dra. Nicole Nelson e a sua equipa na Universidade de Queensland, na Austrália, recrutaram 470 crianças para descobrir.

Os cientistas, cujo trabalho foi publicado na revista científica Evolution and Human Behavior, mostraram aos petizes 164 fotografias de diferentes homens, com idades entre os 18 e os 22 anos, mais especificamente imagens lado a lado do mesmo homem com e sem barba. Depois, pediram-lhes que associassem uma série de características a esses indivíduos, tais como a idade, capacidade de ser bom pai, entre outras. As crianças mais novas consideravam que as barbas eram muito pouco atraentes, à exceção daqueles cujos pais tinham pelos faciais.

"Não gostam de barbas desde cedo - 1 ano e nove meses - e os miúdos, à medida que ficam mais velhos, até cerca dos 13 anos, gostam ainda menos," disse Nelson ao NPR. " A ideia de que as barbas estão ligadas ao conceito de força começa muito cedo, mas eles não parecem confiar nelas de todo."

Ainda não se sabe por que motivos os mais novos pensam assim, mas os autores do grupo suspeitam que está relacionado com segurança e instinto de sobrevivência em relação a homens que parecem mais agressivos.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!