activa

s

Perfil

Moda

Karlie Kloss pede desculpa por apropriação cultural em revista feminina

É a segunda vez no espaço de uma semana que uma produção da publicação em questão causa polémica.

Cláudia Turpin

Stuart C. Wilson

Karlie Kloss deu por si envolvida numa polémica relacionada com uma produção fotográfica da mais recente edição da 'Vogue' norte-americana.

O editorial em questão é inspirado na cultura japonesa e foi alvo de muitas críticas pelo facto de a modelo, que é caucasiana, aparecer vestida de gueixa.

Reprodução

Instalada a controvérsia, que incluía acusações de racismo direcionadas à 'Vogue' e a Kloss, a manequim recorreu ao Twitter para se desculpar.

"Estas imagens apropriam-se de uma cultura que não é a minha e peço imensas desculpas por participar numa sessão que não teve sensibilidade cultural. O meu objetivo é, e será sempre, empoderar e inspirar as mulheres. Vou certificar-me de que as minhas futuras produções e projetos reflitam essa missão", escreveu.

Reprodução

Não é a primeira vez que a edição de fevereiro da revista, focada na diversidade, dá que falar pelos piores motivos. Muitos internautas sublinharam que na capa, Ashley Graham é a única manequim verdadeiramente diferente num grupo de sete mulheres, e que a sua pose denuncia uma tentativa de a fazer parecer mais esbelta.

Entretanto, a modelo 'plus-size' respondeu a um fã no Instagram e fez saber que a decisão de posar com a mão na coxa foi sua.

Instagram

Vídeo relacionado: Ashley Graham defende a sua pose na capa da 'Vogue'

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!