activa

Perfil

Moda

Fashion Revolution Week(end): tudo o que vai acontecer em Lisboa

De 24 a 30 de abril celebra-se em todo o mundo a Fashion Revolution Week , um movimento que desafia as marcas a demostrar o seu compromisso com a transparência e segurança no ramo de atividade. Lisboa une-se a este movimento global com eventos durante todo o fim de semana.

Divulgação

No dia 24 de abril de 2013, o edifício Rana Plaza em Bangladesh colapsou. Mais de 1000 pessoas morreram e 2500 ficaram feridas. Lá funcionavam cinco fábricas de vestuário que produziam para o mercado ocidental. Este foi o quarto maior desastre industrial da história e funcionou como um alerta para a forma como o sistema da moda funciona.

Assim nasceu o Fashion Revolution, com o objectivo de sensibilizar todos os intervenientes neste negócio, desde o público, aos designers, marcas, retalhistas, distribuidores, donos de fábricas, artesãos, legisladores, consumidores, para que todos contribuam para um sistema que proteja as economias locais, a dignidade dos seus trabalhadores, as suas artes e ofícios.

A indústria da moda é a terceira maior do mundo, emprega milhões de pessoas que participam nas várias fases de produção até que a peça final chegue às lojas. No entanto, muitos desses funcionários vivem marginalizados da sociedade, vulneráveis às consequências sociais, económicas e ecológicas. O Fashion Revolution é um movimento criado para chamar a atenção para todas estas questões e lutar por uma indústria mais limpa, transparente e segura.

Sabia que para fabricar um t-shirt são necessários 2720 litros de água, ou seja a quantidade que normalmente cada um de nós bebe num período de 3 anos? E que uma mulher britânica acumula, em media, €375 em roupa que nunca vai vestir? Esta é uma questão comum a todos. Para encorajar os consumidores a entenderem o valor e custo por detrás de cada peça de roupa que usam o Fashion Revolution pede a todos que juntem a este movimento e perguntem às marcas “Who made my clothes?” (Quem fez as minhas roupas?). A forma mais fácil de ajudar é dar o exemplo, tirar uma fotografia da etiqueta de uma peça de roupa, utilizar a #whomademyclothes e fazer tag à marca.


Instagram

Para celebrar o movimento, pode ainda participar nos eventos que acontecem em Lisboa durante este fim de semana:

Workshops e Palestras – apresentando alternativas para um sistema de moda mais sustentável. De 24 a 28 de Abril; 


Videoconferência – 'Sustainable Clothing: More than a Trendy Approach, the Responsibility of Rethinking the Fashion System' com participação das cidades: Lisboa, Novi Pazar, Paris e Rio de 
Janeiro. Dia 25 de abril na Fundação Calouste Gulbenkian;

Fashion Revolution Week(End) no Mercado de Arroios - em parceria com A Montra/ The Window e Artes & Manhas Portuguesas, Fashion Revolution Portugal integra a programação dinamizada pela ACML e apresenta um fim de semana repleto de actividades. Durante os dias 29 e 30 de Abril, o Mercado de Arroios em Lisboa será palco de atrações como Workshops, Oficinas de transformação e reparação de roupas; Circo e Atividades infantis; Mercado Justo e Sustentável de produtos portugueses; Encontro de Tricot & Talk; o Swap Market - mercado de trocas de roupa; Conferência 'Como consumir sustentável em Portugal?'; encerramento do evento com Desfile de marcas sustentáveis e Open Backstage.

A semana da revolução vai mostrar que a mudança é possível, apresentando exemplos de pessoas, marcas e projectos que já estão a trabalhar para um futuro da Indústria mais sustentável.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!