activa

Perfil

Moda

Dior introduz estilo de explorador na alta costura

O espetáculo de alta costura da marca francesa começou com uma citação de Karl Gutzkow: "Eu comprei um mapa de Paris impresso num lenço de bolso."

Ana Romano Afonso

1 / 6

2 / 6

3 / 6

4 / 6

5 / 6

6 / 6

A coleção do 70º aniversário da Dior foi realizada no Les Invalides, em Paris, cercada por animais de madeira da autoria de Pietro Ruffo. O tema era, sem margem para dúvidas, o globetrotting, inspirado pelas exploradoras femininas e pela própria caminhada da designer Maria Grazia Chiuri, de Roma a Paris.

Instagram

Cada ramo da pista em forma de estrela representava um continente diferente identificado com o uso de animais (a girafa e o rinoceronte para a África, o tigre e o macaco para a Ásia) e, para além disso, também um mapa celestial pendia sobre a cabeça. Os convidados receberam um leque, que Celine Dion usou na primeira fila.

Instagram

Os desenhos das roupas de Chiuri recriam o estilo de exploradores e aviadores. Os tecidos masculinos foram envolvidos na coleção, que também apresentava muitos intrincados bordados de ouro, tule rosa e com a assinatura da Dior.

Instagram

Como constava no programa da Dior, os chapéus desempenharam um papel fundamental. Chiuri aposta nos chapéus fedora masculinos para continuar o look de Freya Stark. Havia um vestido de padrão colorido, um casaco vermelho vibrante e pedaços de tule salpicados de cores vivas, embora a maioria dos vestidos finos estivessem em cores áridas. O último vestido, no entanto, apresentou detalhes de pom-pom, sugerindo o "fairyland" mencionado no programa.

Instagram

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!