Cuidado, muito cuidado... com o decote errado (ou 4 dicas para bem decotar)

Quando se trata de escolher a silhueta perfeita, o decote correcto faz a a diferença entre o bom e o óptimo. Uma abertura mal calculada no vestido ou blusa pode resultar em  desconforto, atrair o tipo errado de atenção ou parecer mais gorda/malfeita/sem graça do que se é na realidade.

Imperatriz Sissi
19 Agosto 2014, 12:13
Emma Walson
1
/
2
2
/
2

Para evitar decotar-se mal, há quatro truques simples: 

1- Antes de mais nada, impõe-se a regra velhinha como os montes: quanto mais tardia a hora, mais aberto pode ser o decote (dentro do necessário bom senso, é escusado dizer). 

Decotes mais amplos e/ou profundos são apropriados para depois do pôr do sol. Depois, é preciso testar se ao baixar-se ou inclinar-se não mostra mais do que deve. 
Tendo estas duas normas sempre em mente, estão resolvidas as dúvidas que possam causar faux pas de decência ou de gosto.
 Um vestido/blusa demasiado revelador (a), pode ser usado sem problemas pedindo  à costureira que acerte uns centímetros na abertura ou, se o modelo o permitir, fechando-se com uma pregadeira bonita. Certas peças versáteis podem ser usadas tanto de noite como de dia apertando-se o decote com um alfinete apropriado.
 
2- Qualquer decote pede sensatez. Primeiro, independentemente do modelo que cai melhor a cada uma (já lá vamos) é preciso considerar tanto a beleza do busto como a idade e estado de quem o usa. Se o peito não está na melhor forma, optem-se por modelos discretos. De resto, a qualquer mulher, mais nova ou menos, casada ou solteira, mais elegante ou mais gordinha convém mais inspirar-se em Marilyn Monroe ou Dita von Teese do que em Pamela Anderson.

Há muitos decotes que favorecem sem mostrar aquilo que a estética e os bons costumes aconselham a manter escondido... e sem ajudar a lei da gravidade, que é a inimiga natural do busto. Muitos formatos, principalmente se usados com o soutien errado, empurram para baixo em vez de suster!
 
Segundo, ter sempre em conta a lingerie adequada e os truques (como fita adesiva própria) que se podem empregar para manter alças ou cai cais no sítio. 
 
E terceiro, há que lembrar que o decote não é só à frente: como a maioria das marcas de prêt-a-porter usa tamanhos standard, alguns vestidos podem apertar demasiado as costas, dando a ilusão de umas "banhinhas" a espreitar para fora do vestido - mesmo numa pessoa magra. Não há nada mais feio nem que arruíne tanto uma bonita toilette, mas isso resolve-se pedindo à modista que "cave" um ou dois centímetros na zona abaixo dos braços.
 
3 - Dito isto, e considerando a grande variedade de feitios que existem, é preciso ver que muitas mulheres - e algumas que até têm bom gosto- não reparam na importância de escolher o decote correcto para o seu tipo de corpo
 

CLIQUE PARA LER O RESTO DO ARTIGO

 

 

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

RECEBA GRÁTIS NO SEU EMAIL AS NOTÍCIAS QUE ESCOLHEMOS PARA SI!

SUBSCREVA AQUI!

Pesquise as melhores ofertas de emprego para si

últimas da TVMAIS

as nossas escolhas

Activa, tudo o que você é.

ASSINATURAS

A sua revista com ofertas e descontos até 60%

MOBILE

No seu telemóvel ou tablet, todos os dias

LOJA

X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .