activa

Perfil

Saúde e Beleza

Perder peso de forma saudável

Diana Patricio

Manter uma boa forma física como resultado de uma boa saúde, deveria ser uma preocupação constante. Mas para grande parte das pessoas, é nesta altura do ano que essa preocupação assume uma maior intensidade. O sol começa a aquecer e o corpo começa a ficas mais exposto.

É então nesta altura que um número maior de pessoas adopta práticas alimentares que lhes permitam recuperar de uns quilinhos a mais. Uma das alterações alimentares que muitas pessoas praticam para perder peso é eliminar os hidratos de carbono e aumentar o consumo de proteína animal.

Enquanto naturopata, defendo que uma dieta só é favorável quando o resultado de quem a pratica é uma melhoria geral da sua saúde, o que não se verifica quando se elimina os hidratos de carbono da alimentação, substituindo-os por proteína animal.

Em primeiro lugar, este tipo de dieta não pode ser mantido para sempre, o que leva novamente ao aumento de peso, assim que a pessoa reintroduz os hidratos de carbono na sua alimentação.

Por outro lado, quando há uma privação de hidratos de carbono no organismo (que são a sua maior fonte de energia) é certo que o organismo terá de utilizar a sua própria gordura e proteína como fonte de energia, no entanto este processo leva à libertação de corpos cetónicos que em excesso representam toxicidade para o organismo.

Este processo pode ainda levar a uma condição de cetoacidose que consiste numa alteração do pH do sangue que se torna mais ácido, o que constitui um risco para os órgãos vitais.

Para além de que as dietas que eliminam radicalmente os hidratos de carbono, favorecendo a proteína animal, têm consequências nefastas directas para a saúde, que se traduzem rapidamente por sintomas como obstipação, aumento dos níveis de gorduras no sangue, carências nutricionais (vitaminas e minerais), mau hálito e fadiga.

Assim, antes de pensar em eliminar os hidratos de carbono da sua alimentação, deve fazer uma selecção criteriosa entre os que são essenciais à sua saúde e cujo consumo deve ser mantido, e os que favorecem o aumento de peso e são dispensáveis.

Os hidratos de carbono que pode eliminar ou consumir de forma mais moderada são alguns cereais refinados como o trigo (pão branco e massas brancas), arroz branco e também batatas brancas e açúcares refinados. Por outro lado, existem hidratos de carbono muito saudáveis e que não favorecem o aumento de peso como é o caso das frutas e de alguns cereais integrais, nomeadamente o arroz integral, trigo-sarraceno, quinoa, millet, espelta e kamut.

Se está a tentar perder peso de uma forma saudável, saiba que existem vários alimentos que para além de favorecerem a sua saúde geral, ainda o auxiliam no processo de emagrecimento:

 

Papaia e Ananás

Por serem ricos em enzimas digestivas, favorecem um boa digestão que é fundamental para uma melhor capacidade de metabolização das gorduras por parte do fígado.

Abacate

É um alimento bastante saciante, que ajuda no controlo do apetite. Contém altos níveis de gorduras monoinsaturadas que têm uma acção de diminuição da inflamação, contribuindo também para a regulação dos níveis de açúcar no sangue.

Frutas cítricas

Limão, lima, toranja e laranja, por serem ricos em nutrientes anti-oxidantes, favorecem o fígado no metabolismo das gorduras.

Óleo de côco

Tem uma acção termogénica, o que significa que estimula o organismo a queimar gorduras.

Spirulina e Clorela

Ambas as algas por serem ricas em iodo, estimulam o metabolismo, ao mesmo tempo que contribuem para uma boa desintoxicação do organismo. Não podem ser ingeridas por pessoas que sofram de hipertiroidismo.

Gengibre

Tem uma acção benéfica sobre a disgestão, uma marcada acção anti-inflamatória (útil em casos de celulite) e estimula o metabolismo.

Aveia e Linhaça

Ajudam a manter um bom trânsito intestinal, tem um efeito saciante.

Chá verde

Favorece o metabolismo, em particular das gorduras. Tem um efeito antioxidante o que é bastante importante em regimes de emagrecimento.

 

Não se esqueça de que, tão importante como uma boa alimentação, são as boas práticas de exercício físico. Liberte-se das desculpas para não o fazer e saiba que meia hora de exercício físico por dia produz já alterações fisiológicas benéficas em todo o organismo.

 

Para mais informações ou marcação de consulta, contacte via e-mail para:

dianapatricio.naturopata@gmail.com