activa

Perfil

Saúde e Beleza

Frutos vermelhos: as razões para os consumir à séria

Os frutos vermelhos são alimentos bastante completos e devem fazer parte de uma dieta equilibrada. Para além dos antioxidantes, os morangos, as framboesas ou mesmo as amoras são essenciais para manter a linha, a juventude e fazem maravilhas com a sua pele!

Activa.pt

Sem dúvida que os olhos também comem. E no que se trata de frutos vermelhos é realmente difícil desviar o olhar de um copo de sumo fresco ou de uma salada de fruta tingida de preto e vermelho. Longe de serem frutos do pecado, os frutos vermelhos trazem inúmeros benefícios para a sua saúde.

A tonalidade roxa vem da antocianina, pigmento associado à vitamina B1, responsável pela transformação dos nutrientes em energia. Naturalmente os frutos vermelhos, em especial o mirtilo, a groselha e a acerola, são a melhor fonte de antioxidantes, isto mesmo quando os comparamos com outras frutas e vegetais. Com o coração mais protegido, as vitaminas do complexo B (niacina), os minerais, o potássio e a vitamina C, reforçam a protecção da saúde da pele, nervos, rins e aparelho digestivo.

A cor vermelha dos morangos ou das groselhas vem do licopeno, um carotenóide (fitoquímico) geralmente associados à vitamina C que ajuda na prevenção do cancro da próstata. Estes frutos são ainda fonte de outros carotenóides, como o betacaroteno, percursor da vitamina A que fortalece os olhos e a pele. Um outro herói dos frutos vermelhos é o cianidino, que se encontra na pele da fruta.

Cinco vezes ao dia!

A única forma de proteger o organismo dos efeitos da vida acelerada e do desgaste físico visível e constante, passa por apostar em alimentos ricos em antioxidantes. O baixo consumo de frutas e vegetais está entre os dez principais factores de risco associados à ocorrência de doenças crónicas não transmissíveis. Por esse motivo a Organização Mundial de Saúde (OMS) incentiva o aumento do consumo de frutas e vegetais, frescos ou em sumo, dadas as suas propriedades benéficas para a saúde. As razões já são conhecidas, já que contribuem para a diminuição do consumo de alimentos ricos em gorduras e açúcares e fornecem vitaminas, minerais e fibras necessárias ao pleno funcionamento do organismo.

Num estudo da Human Nutrition Research Center on Aging (Centro de Investigação do Impacto dos Alimentos sobre o Envelhecimento), em Boston, a equipa coordenada pelo investigador James Joseph, conclui que "os mirtilos estão a transformar-se num alimento essencial na batalha contra o envelhecimento." Em causa o facto de este fruto ser rico em nutrientes que impedem a perda de memória, ajudam a combater a depressão e retardam os efeitos da idade. No caso dos morangos, as conclusões assemelham-se: uma mão cheia deste fruto promove a saúde do sistema digestivo e ajuda a diminuir os níveis do colesterol.

Num estudo publicado no Scientific Overview for Health Professionals, que suporta a mensagem do projecto americano "5 a day" - programa de incentivo ao consumo de fruta e legumes -, reforça-se a mensagem de que o risco de desenvolver doenças crónicas diminui com o consumo de 5 a 10 peças de fruta e vegetais todos os dias.

A nova Roda dos Alimentos aconselha o consumo diário de 3 a 5 porções de fruta, o que equivale a 480 a 800 gramas diárias, dependendo das necessidades individuais. O consumo diário de fruta é vital para garantir a saúde do seu organismo e para ter uma vida activa e saudável.

4 razões para Ela consumir frutos vermelhos

- Melhor que o botox - Os seus nutrientes ricos em antioxidantes anti-envelhecimento neutralizam a acção dos radicais livres e melhoram a circulação sanguínea e o transporte de nutrientes pelo corpo, o que contribui para ter um rosto rejuvenescido. Por outro lado, protegem contra os efeitos nocivos do sol, um dos responsáveis pelo envelhecimento prematuro da pele.

- Evita os desejos de doces - O açúcar natural dos frutos, a frutose, tem um baixo índice glicémico, o que prolonga a sensação de saciedade, evitando que sinta vontade de estar sempre a petiscar. O que significa que a energia consumida é bem assimilada pelas funções vitais do organismo. Uma dieta com baixo índice glicémico ajuda a controlar o colesterol e a pressão sanguínea.

- Queima gordura e mantêm o peso - Se pensa em perder peso, então garanta que os frutos vermelhos fazem parte da sua dieta. 300 gramas de frutos silvestres têm o mesmo valor calórico que um terço de uma banana.

- Diminui o risco de cancro e alivia os sintomas das alergias - Estes alimentos contêm nutrientes anticancerigenos que protegem o organismo. Vários estudos comprovam a eficácia dos frutos vermelhos, como os morangos e as framboesas, na prevenção do desenvolvimento de inúmeros tipos de cancro. Por outro lado, algumas substâncias presentes nos frutos vermelhos, quercitina, um fitonutriente da família dos flavonóides,aliviam os sintomas das alergias.

4 razões para Ele consumir frutos vermelhos

- Adeus stresse e ansiedade - A vitamina C restabelece as reservas de adrenalina nas glândulas supra-renais, o que minimiza os efeitos da ansiedade. O stresse crónico também aumenta a produção de hormonas que desequilibram os níveis de glicose no sangue, criando a sensação de fome permanente. Cinco morangos têm a mesma quantidade de vitamina C que uma laranja.

- Mantêm as gripes longe - Ricos em ácido fólico e vitamina C, os frutos vermelhos têm ainda propriedades antioxidantes e aumentam a protecção imunitária contra as infecções. Cinco morangos contêm mais antioxidantes do que três maçãs ou quatro bananas.

- Protege o coração - O ácido fólico e os antioxidantes protegem as artérias do mau colesterol. Por outro lado, a vitamina C e as antocianidinas evitam a formação do mau colesterol, mantendo os níveis seguros, o que reduz o risco de enfarte ou de AVC.

- Melhor do que Viagra - Os frutos vermelhos são ricos em zinco, um mineral vital que ajuda o homem a prolongar a erecção. É também essencial para evitar a impotência masculina. Estes frutos contêm ainda antocianina, um antioxidante que garante a circulação dos nutrientes e o bom funcionamento do fluxo sanguíneo.



Siga-nos no Twitter

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!