activa

Perfil

Saúde e Beleza

Quem tem coragem de praticar yoga tónico numa sala aquecida a 40 graus (e queimar mais de 600 calorias!)?

Chama-se hot yoga tónico e chegou a Lisboa

Divulgação

Mario Jacinto de Carvalho Fragoso

Mario Jacinto de Carvalho Fragoso

Mario Jacinto de Carvalho Fragoso

Jean Pierre de Oliveira começa este mês a dirigir aulas de hot yoga tónico no espaço Yoga Live Academy, em Lisboa. O professor luso-francês adaptou ao ambiente de uma sala aquecida a 40 graus o programa de treino que desenvolveu e que associa diversas formas de yoga ao trabalho corporal, combinando posturas psicofísicas e exercícios respiratórios. O resultado? Mais energia, melhor performance física, maior conhecimento do eu. Numa palavra: bem-estar.

As aulas têm a duração de 1h30 e decorrem todas as quartas-feiras, entre as 19h30 e as 21h00. Os preços variam entre os 30 (uma aula) e os 40 euros (duas aulas). Porque o ambiente da sala aquecida é mais exigente em termos cardiovasculares e musculares, Jean Pierre desintensificou a sequência de yoga tónico que criou, acrescentando um breve aquecimento com um respiratório de enraizamento – Dirga Pranayama – e um respiratório de concentração e equilíbrio – Anuloma Viloma – bem como novas posições. «Dei-me conta que a versão original poderia ser demasiada intensa para praticantes ocasionais e para práticas em condições mais exigentes», diz-nos Jean Pierre. «Era necessário tornar a prática mais alcançável», explica.

Queimar entre 600 e 900 calorias

O hot yoga melhora o condicionamento físico e a flexibilidade de quem o pratica e ainda ajuda a tonificar, a queimar calorias (entre 600 a 900 calorias por uma aula de 1h30), a eliminar toxinas, a aliviar o stress e a aumentar a capacidade de concentração. Mais calor, mais suor, mais vantagens. Jean Pierre explica: «O corpo quente fica mais flexível e os alunos conseguem executar as posturas com mais facilidade». Mas há mais: «a circulação é ativada, ajuda na pressão arterial, tornando-se possível expandir a respiração». E aliás por isso que o hot yoga é tantas vezes recomendado a quem tem problemas respiratórios, como asma. Este exercício é recomendado também para quem tem algum tipo de lesão no joelho, coluna ou pescoço.

Jean-Pierre de Oliveira dá aulas todos os dias da semana em vários espaços, em Lisboa. Todos os meses, dirige uma masterclass no Espaço Mouraria INATEL.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!