activa

Perfil

Saúde e Beleza

Quivi: um superalimento para melhorar o sono?

Uma experiência científica concluiu que comer dois quivis antes de ir para a cama pode ajudar a aumentar a qualidade e quantidade do tempo que passamos a dormir.

Activa.pt

� Royalty-Free/Corbis

São mini-pacotes carregadinhos de vitamina C e antioxidantes, que além de reforçarem o sistema imunitário, ainda ajudam a proteger as células e a repará-las.

Algumas pesquisas apontam, também, para benefícios na proteção cardiovascular e na prevenção de problemas respiratórios em crianças. Mas a última das evidências para apontar o quivi como um super-alimento com benefícios na qualidade e quantidade do sono vem de um estudo realizado por uma equipa de investigadores da Universidade Médica de Taipei, em Taiwan.

Vinte e duas mulheres e dois homens, com idades compreendidas entre os 20 e os 55 anos e que sofriam de perturbações do sono, sujeitaram-se a uma experiência de duas semanas. Foi-lhes pedido que comessem dois quivis, uma hora antes de se deitarem. Os dados foram recolhidos em diários, através de questionários sobre a qualidade e quantidade de sono experimentada e através do uso de monitores de pulso, que registavam as funções fisiológicas durante os períodos de sono.

Ao fim das duas semanas, os cientistas registaram:

- Que o período entre ir para a cama e adormecer baixou 35,4%.

- As pessoas dormiam mais profundamente, acordando menos durante a noite. De facto, os períodos que os sujeitos da experiência passavam despertos, depois de terem adormecido inicialmente, baixaram 28,9%.

- A qualidade do sono aumentou 42,4%, como relataram as pessoas no questionário a que foram submetidas.

- O tempo total de sono, durante a noite, aumentou 13,4%.

Mas quais as propriedades do quivi que contribuem para a melhoria da qualidade do sono? Os cientistas acreditam que os seus altos níveis de vitamina C, antioxidante, possam ser benéficos a prevenir doenças cardiovasculares, ligadas a problemas como a apneia do sono. Mas, sobretudo, esta é uma fruta rica em serotonina, como explica o psicólogo clínico Michael Breus num artigo publicado no jornal online Huffington Post. A serotonina contribui para regular o sono, entre outras funções vitais do organismo humano, contribuindo para adormecermos mais depressa, depois de nos deitarmos, e para dormirmos de forma regular e contínua, durante a noite. Esta hormona, também tem um papel na regulação dos períodos de sono, sobretudo na fase mais profunda, e ajuda-nos a manter mais alertas, quando acordamos. Também se acredita que a serotonina possa influenciar os níveis de melatonina, que regula o ciclo circadiano humano, os períodos em que sentimos a necessidade natural de dormir e estar despertos.

Existem outros alimentos que podem promover uma boa higiene do sono, nomeadamente aqueles que são ricos em magnésio e potássio, como é o caso dos vegetais de folha verde, bananas, nozes, sementes, citrinos, tomate e cereais integrais. Alimentos ricos em cálcio também parecem ajudar a subir os níveis de melatonina: para além dos produtos lácteos, as couves e brócolos, nozes, soja e algumas sementes também são boas fontes deste nutriente.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!