activa

Perfil

Saúde e Beleza

Há alimentos que aumentam a felicidade: saiba quais são

Conheça os nutrientes que contribuem para aumentar o bom humor e o alto astral. E ainda lhe damos uma receita a cheirar a verão que a vai deixar com um sorriso na cara.

Gisela Henriques

Foto: D.R.

Foto: D.R.

É normal sentirmo-nos mais em baixo de vez em quando, seja porque o trabalho não nos corre da melhor forma, porque a velha dor de costas voltou, uma despesa extra estragou as nossas poupanças do mês, ou mesmo até porque não há meio do sol brilhar em pleno. Para evitar os dias embirrentos e carrancudos há uma solução bem ao nosso alcance: comer. Mas não é comer qualquer coisa, sobretudo doces, que nos enchem a alma por cinco segundos e pesam na consciência nas horas seguintes. Estamos a falar dos ingredientes certos para nos sentirmos em sintonia com o universo.

O que Gill Paul e Karen Sullivan no seu livro ‘Comer para ser Feliz’ nos dizem é para fugirmos ao que costuma acontecer quando nos sentimos na mó de baixo, e que é: ou comer desenfreadamente, ou passar horas sem fim sem nada no estômago. Nada disso, o ideal para os autores será fazer pequenas refeições regulares, com determinados alimentos certos, mantendo assim os níveis de açúcar estáveis, a nossa força de vontade inabalável e longe dos suspeitos do costume, ou seja, doces e gorduras.

Mas então o que devemos comer para sermos felizes?

Pegue num lápis e num papel e faça uma lista dos produtos que precisa. E, se possível, programe as suas refeições semanalmente. Dá mais trabalho no início mas depois não há stresse.

PROTEÍNA ÀS REFEIÇÕES PRINCIPAIS

As proteínas são compostas por aminoácidos, entre eles o “aminoácido triptofano, necessário à produção de serotonina, o neurotransmissor que controla os estados de espírito, o sono e o apetite. (...) Consumir uma grande variedade de proteínas de boa qualidade e incluí-las diariamente em 2 refeições ajudará a garantir a produção suficiente dos neurotransmissores tão importantes na regulação do humor”.

Segundo as recomendações internacionais, as mulheres precisam entre 45 a 55g de proteína por dia. Por isso pense em peixe, marisco, polvo, lulas, aves, carne vermelha magra, sementes e frutos secos, leguminosas, tofu ou seitan. Para ter uma ideia, saiba que 100g de atum ou de carne de vaca magra tem à volta de 32g de proteína; 150g de leguminosas tem 16g de proteína e 225ml de iogurte grego sem açúcar e magro cerca de 10g de proteína.

VITAMINA B6

“Quem tem índices baixos de vitaminas B (em especial B6, B12 e folatos) sofre um risco mais elevado de depressão. Consuma muita banana, abacate, frango, cereais integrais e legumes de folha verde.” Leguminosas, frutos secos (nozes, amêndoas, cajus e pistáchios), sementes de girassol, carne de porco, pimentos, batata, também devem fazer parte da sua despensa.

SOL Q.B.

Vá para a praia ou sente-se na sua varanda a apanhar sol às horas menos perigosas (até às 11h30 e depois das 16h) para ajudar a combater a deficiência em vitamina D, que pode dar origem a estados depressivos.

APARELHO DIGESTIVO AFINADO

“Investigações recentes revelam que não só o stresse e a ansiedade podem provocar problemas intestinais, mas que estes últimos podem dar origem a depressões. Procure comer alimentos de fácil digestão, “ricos em fibra e iogurtes probióticos para reforçar as bactérias intestinais”. Além disso, deve procurar beber bastantes líquidos, de preferência água ou chás sem açúcar.

HIDRATOS DE CARBONO SAUDÁVEIS

“Os tipos de hidratos de carbono que consumimos afetam a nossa boa disposição e comportamento.” Evite os refinados (pão branco, massa e arroz branco, alimentos processados) e reduza o mais que puder o açúcar de modo a não haver oscilações bruscas dos níveis de açúcar no sangue, o que dá origem a mudanças bruscas de humor e quedas de energia. Dê preferência a cereais integrais, fruta, leguminosas e legumes.

Salada de figo, framboesa e presunto | Serve 4

Doce e salgada, esta salada fresca é rápida de preparar e proporciona uma grande quantidade de fibras, antioxidantes e proteínas.

Ingredientes

– 150g de folhas de rúcula e de beterraba

– 6 figos maduros, cortados ao meio

– 150g de framboesas

– 8 fatias de presunto

– 2 c. sopa de vinagre balsâmico envelhecido

– 2 c. sopa de azeite

– 300g de mozarela de búfala

Disponha as folhas de rúcula e beterraba numa travessa grande juntamente com os figos, as framboesas e o presunto. Bata o vinagre e o azeite para fazer o molho.

Desfaça a mozarela em pedaços grandes e disponha por cima da salada. Tempere com o molho e sirva de imediato.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!