activa

Perfil

Saúde e Beleza

Saúde em férias: Quando comer é o melhor remédio

Há pequenos males de férias que podemos aliviar só com a alimentação. Antes de deitar mão ao seu kit de farmácia de viagem, siga a prescrição da nutricionista Ana Ni Ribeiro.

Cíntia Sakellarides

Chris Ryan

*artigo publicado originalmente na revista ACTIVA de agosto de 2017

Tão bom, as férias chegaram. Mas porque não nos sentimos felizes? Talvez porque depois de três horas dentro do carro, ‘à pendura’, estamos amarelas de tão enjoadas; porque ao quinto dia de choco frito o estômago começa a refilar; ou talvez porque queremos usar aquele vestido e as pernas teimam em inchar. Para aumentar o seu índice de felicidade durante estes dias longos de verão, falámos com Ana Ni Ribeiro, autora do blog ‘A Nitricionista’.

Cistite

Ficar muito tempo com o fato de banho molhado e o contacto com o cloro das piscinas pode provocar o aparecimento de bactérias na bexiga.
O que comer: Frutos vermelhos, como mirtilos, ananás, água, espargos, pepino, infusões (camomila e canela) e probióticos (alimentos como o iogurte, ou suplementos que contém bactérias – boas! – naturalmente presentes no nosso organismo).
O que evitar: Cafeína, alimentos ricos em açúcar, picante e enchidos.
Quando ir ao médico: Se ao fim de umas horas os sintomas – vontade constante de urinar, ardor – persistirem. Imediatamente, se houver dor, febre ou sangue na urina.
dores de estômago Regra geral, em férias a dieta equilibrada também faz uma pausa, pelo que não estranhe se receber algumas queixas do seu estômago.


Dores de estômago

Regra geral, em férias a dieta equilibrada também faz uma pausa, pelo que não estranhe se receber algumas queixas do seu estômago.
O que comer: Aposte numa dieta leve, à base de saladas, legumes, frutas, como melancia, melão ou papaia, e chá de alface.
O que evitar: Gorduras, bebidas alcoólicas, alimentos ricos em açúcar, fritos e refrigerantes.
Quando ir ao médico: Sempre que a dor for forte e/ou persistente.

Pernas inchadas

Em alturas de muito calor, o nosso corpo tende a aumentar a retenção de líquidos, para prevenir uma eventual desidratação. E logo no verão, quando o que queremos é andar de pernas ao léu, para usarmos os biquínis e os vestidos que comprámos criteriosamente para levar nas férias.
O que comer: (e beber, para evitar a retenção de líquidos): Beba 2 litros de água por dia (se não o fizer o corpo vai reter para cumprir a sua função depurativa), chá verde, branco, de cavalinha ou centelha asiática. Outras plantas com ação benéfica: alecrim, gingko biloba, castanheiro-da-índia, folha de videira, hamamélis e gilbardeira. Coma 5 vezes por dia e escolha, preferencialmente, produtos frescos.
O que evitar: Gorduras, fritos, sal e açúcares refinados.
Quando ir ao médico: Se sentir dor, comichão e cãimbras noturnas, associadas às pernas cansadas e inchadas.

Dicas

- Se ficou nauseada depois de horas metida no carro, coma pão ou torradas, bolachas de água e sal, banana, arroz, puré de maçã... Evite bebidas alcoólicas, beba água ou chá de gengibre.

- Trinta minutos é o tempo que deve caminhar por dia, para evitar a retenção de líquidos

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!