activa

Perfil

Saúde e Beleza

Sabe, exatamente, o que é o 'self-care'?

Muito se fala neste tema, que se baseia em hábitos positivos e um estilo de vida saudável, mas importa esclarecer em que consiste ao certo.

Activa.pt

eldinhoid

De acordo com um questionário da American Psychological Association, realizado em 2018, cerca de 45% das pessoas afirmam ficar acordadas à noite devido a stress. E à medida que, cada vez mais, se ouve falar na falta de tempo e vidas demasiado atarefadas, também se começa a apostar em rotinas de self-care, que, em português, significa algo como auto-cuidado, hábitos saudáveis.

Mas, afinal, o que significa ao certo este conceito? Cerca de 40 anos após o seu aparecimento, voltaram a surgir em força rotinas como a meditação e plataformas motivadoras e de relaxamento, todas inseridas no tema self-care, "a ação de alguém em torno do bem-estar físico, emocional, relacional, até profissional, educacional ou mesmo espiritual, que se reflete na forma como tomamos conta de nós próprios nos níveis mais fundamentais", afirma Helen. L. Coons, psicóloga clínica.

Muitos confundem este tipo de cuidados como algo egoísta. Pois bem, o self-care é tudo menos isso. "Quando tomamos conta de nós mesmos em todos os aspetos da nossa vida, temos mais energia e inspiração para cuidar dos outros, quer em casa, no trabalho, ou na nossa comunidade", acrescenta.

No fundo, se não cuidamos do nosso bem-estar, o mais provável é que nos sintamos cansados, irritados, e mesmo com sintomas físicos derivados do stress. "Quando não somos a última coisa na nossa lista de tarefas, temo mais energia para aquilo que consideramos importante", garante a especialista.

Para Alisha Ramos, fundadora da newsletter semanal Girls' Night In, o self-care é como um "lembrete para pormos a nossa máscara de oxigénio ates de cuidarmos dos outros", mensagem que considera poderosa, já que não é aquilo que, habitualmente ouvimos ao crescer. Kate Spencer e Doree Shafir, por outro lado, criaram o podcast Forever 35, tendo em conta que ouvem "muitas pessoas dizer que nunca cuidaram muito de si mesmas. Muitas dizem algo como 'Nunca pensei no facto de que mereço fazer algo que realmente quero fazer".

Além disso, Shafir acrescenta que "há o equívoco que o self-care é algo em que temos de gastar dinheiro". Pelo contrário, há várias formas gratuitas, como a meditação, o controlo da respiração, mesmo a dança - no fundo, o que resultar melhor para nós mesmos - para cuidarmos do nosso bem-estar.

Claro que a alimentação saudável, o exercício físico e encontrar meios de reduzir os níveis de stress, contribuem para nos sentirmos bem. Mas, no geral, o self-care não é mais do que, diariamente, reservamos um determinado período de tempo para fazermos algo que nos faça sentir realizadas, nos deixe mais leves, e cheias de energia para o que der e vier.