activa

Perfil

Saúde e Beleza

Diz quem sabe: Quais os melhores alimentos para levar para a praia?

Saiba fazer escolhas escolhas saudáveis, evitando intoxicações alimentares.

Drª Ana Bravo, Nutricionista da Clínica Ibérico Nogueira

PeskyMonkey

Em tempo de praia, é preciso saber fazer as melhores escolhas, evitando intoxicações alimentares. Assim, das duas, uma: ou levamos alimentos menos perecíveis ou acondicionamos muito bem as refeições, garantindo uma boa conservação no frio. Calma, não é tão difícil assim, o primeiro cuidado será levar todos os alimentos ou preparados em caixas fechadas, o segundo procurar uma sombra ou uma zona mais fresca para deixar a marmita e o ideal será mesmo investir numa com boa conservação no frio, uma geleiras, ou um saco ou mala térmica.

Os alimentos menos perecíveis, como a fruta fresca, ou desidratada, os frutos oleaginosos, os palitos de legumes (de cenoura, pepino, beterraba e nabo, por exemplo), as tortilhas de milho ou de arroz, assim como as tostas integrais (ou de quinoa ou alfarroba, por exemplo) são opções interessantes e podem garantir pequenas merendas. No entanto, se quisermos completá-las com a proteína completa de queijos ou iogurtes, ou de um ovo cozido, por exemplo, a conservação no frio será essencial.

Uma opção ótima, até para os miúdos, é levar os ditos palitos de legumes para molhar no iogurte com o travo de uma erva aromática a gosto. Faz lembrar palitos de batatas crocantes com um deep especial. Se pensarmos num almoço – e é tão importante fazê-lo completo também em dias de praia e férias – temos mesmo de levar a geleira e procurar a sombra. Eu aconselho os frascos com camadas, uma com uma fonte de hidratos de carbono, como puré de batata doce ou quinoa ou arroz, por exemplo, seguida de uma de atum ou ovo cozido picado e a salada por cima.

Para quem quer dedicar mais uns minutos à confeção da sua marmita, num instante prepara no wook um bife de frango ou peru cortado em pedaços, com legumes partidos. O frasco funciona também com merendas, por exemplo com uma camada de pudim de chia (iogurte misturado com as sementes), seguido de fruta esmagada ou em pedaços e se quisermos podemos ainda adicionar o crocante dos frutos oleaginosos. O cuidado que falta e é essencial, durante todo o dia, nesta época de calor é, naturalmente, hidratar-se. Pode preparar água aromatizada com gengibre, ervas a gosto, fruta socada… Importante mesmo, é não se esquecer de beber!

Ana Bravo

Ana Bravo

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!