activa

Perfil

Saúde e Beleza

8 coisas que não sabia sobre os cabelos brancos

Mais cedo ou mais tarde, chegam para todas.

Activa.pt

D.R.

Apesar de algumas mulheres usarem o cabelo grisalho com orgulho, outras temem a chegada dos fios brancos.

Se se insere na última categoria, temos boas notícias: os cientistas estão a trabalhar com afinco numa forma de prevenir o seu aparecimento. Até lá, é sempre bom estar bem informada.

Veja, abaixo, oito verdades sobre os cabelos brancos.

1. O envelhecimento normal é o culpado

Bom, aqui não há surpresas. Os dermatologistas chamam-lhe a regra dos 50-50-50. "Cinquenta por cento da população tem cerca de 50% dos cabelos brancos quando chega aos 50 anos," diz o Dr. Anthony Oro, professor de dermatologia na Universidade de Stanford, ao site da revista 'O, The Oprah Magazine'. E, tal como a acontece à pele, o cabelo muda de textura com a idade, explica a Dra. Heather Woolery Lloyd, diretora Escola de Medicina da Universidade de Miami.

2. A etnia faz diferença

Os caucasianos tendem a ter cabelos brancos mais cedo - e, entre eles, os ruivos são os primeiros. Seguem-se os asiáticos e depois os negros. Os cientistas ainda não descobriram porquê.

3. O stress pode ser um fator

"O stress não está diretamente relacionado com o aparecimento de cabelos brancos," diz o Dr. Roopal Kundu, da Universidade de Northwestern. "Mas o stress está implicado em muitos problemas da pele e do cabelo."

4. O seu estilo de vida conta

Fumar, por exemplo, causa stress na pele e no cabelo. "Os baixos níveis de vitamina B12 são conhecidos por causarem a perda de pigmento no cabelo," explica o Dr. Karthik Krishnamurthy, do Centro Médico Montefiore Medical. Os alimentos ricos em certas vitaminas, nutrientes e antioxidantes podem ajudar a proteger as células contra as toxinas, bem como a prevenir doenças cardíacas, cancro e outros problemas.

Giphy

5. O seu cabelo 'descolora-se' sozinho

De acordo com um estudo de 2009, publicado pela Federation of American Societies for Experimental Biology, o peróxido de hidrogénio ocorre naturalmente nos nossos folículos de cabelo e, à medida que envelhecemos, acumula-se. Esta acumulação bloqueia a produção de melanina, ou seja, do pigmento do nosso cabelo.

6. Os cabelos não ficam brancos — eles crescem assim

Um fio de cabelo cresce durante um período que pode ir de um a três anos, depois cai e cresce um novo no seu lugar. À medida que envelhecemos, os novos fios têm uma probabilidade maior de ser brancos. "Sempre que o cabelo se regenera, essas células que formam o pigmento também têm de se regenerar, e elas desgastam-se," diz o Dr. Oro.

7. Não são mais crespos que os restantes

Na verdade, os cabelos brancos são mais finos, mas parecem mais secos porque as glândulas sebáceas do couro cabeludo produzem menos óleo com o passar do tempo. Outro motivo para parecerem mais crespos, especialmente depois de os arrancar? "Isto acontece porque arrancar os cabelos pode distorcer os folículos, resultando numa textura diferente," explica o tricologista Philip Kingsley.

8. Podem ser resistentes às colorações

Se optar por pintar o cabelo, pode notar que há alguns fios mais teimosos do que outros, mesmo antes de começar a ter cabelos brancos. "Alguns fios brancos podem ser resistentes à cor," dizem os especialistas dos salões Madison Reed. "Se esta é a sua verdade, considere baixar um nível de cor ou usar algo mais escuro nas raízes para conseguir ainda mais cobertura."

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!