activa

Perfil

Saúde e Beleza

Colocar mais perfume faz o cheiro durar mais?

Conheça os melhores truques para estar cheirosa o dia inteiro.

Activa.pt

Studio Doros

Será que a durabilidade do cheiro do nosso perfume é diretamente proporcional à quantidade que pulverizamos? "Perfurmarmo-nos sete vezes seguidas não faz com que a fragrância dure mais. Cada perfume tem a sua evolução e durará o que tiver de durar sobre a pele. Mais quantidade não implica maior duração", explica a fundadora do laboratório olfativo Me Mi Mo Lab, Irati Herrero, em conversa com a Vogue. Daniel Figuero, Embaixador Internacional de Fragrâncias Dior acrescenta ainda que "não há um número de vaporizações recomendado".

Eis cinco dos principais tópicos que queremos ver esclarecidos, no que toca ao mundo das fragrâncias:

Como eleger perfumes que durem mais?

Irati Herrero relembra que cada perfume implica mudança: "É um prazer desfrutar da sua transformação. Se aceitarmos que tudo muda, seremos capazes de apreciar que o perfume é um prazer do efémero". Ainda assim, a composição do produto poderá influenciar a sua duração na pele.

Por exemplo, perfumes com notas cítricas durarão menos, já que são mais instáveis. Pelo contrário, perfumes com notas dominantes de madeira ou almíscar tendem a permanecer mais tempo sobre a pele. É também essencial que opte por produtos com maior percentagem de fragrância - isto é, preferir eau de parfum ou extratos, em vez de eau de toilette.

O truque para se perfumar por camadas

Ora, esta é a proposta do especialista da Dior: primeiro, ao tomar banho, opte por um gel com fragrância semelhante à do seu perfume. Depois, hidrate a pele com algum creme perfumado e, por último, pulverize-se com o perfume - todos, com notas semelhantes. "Isto fará com que os mesmos ingredientes, em diferentes 'veículos', permaneçam mais tempo. Além disso, o aroma será totalmente coerente", explica Daniel.

Nunca perfumar sobre a pele húmida (mas sim hidratada)

As fragrâncias dissolvem-se na água que ainda está na pele e, em vez de ficarem nela, é provável que se evaporem", afirma Figuero, referindo-se ao facto de haver quem defenda que pulverizar perfume logo após o banho, com a pele ainda húmida, faz o cheiro durar mais. Por outro lado, fazê-lo sobre uma pele hidratada é o mais recomendado. Além disso, Herrero deixa uma dica: não esfregue os pulsos ao aplicar perfume. "Isto faz com que a pele dessa zona fique mais quente, acelerando a evaporação das moléculas mais voláteis ou mais delicadas, como as notas florais, fazendo com que a fragrância perca nitidez", diz.

Quando voltar a aplicar perfume?

Quem nunca cometeu o erro de deixar de sentir o cheiro do próprio perfume e voltar a vaporizar sobre a pele? "Que nós próprios não sintamos o nosso perfume não significa que não cheiremos. Quando o nosso olfato está exposto de forma constante ao mesmo estímulo olfativo, chega um momento em que deixamos de o sentir. Por isso, antes de voltar a pulverizar, o melhor truque é perguntar a alguém se ainda sente o cheiro ou não", sugere Irati.

Cuidado ao pulverizar na roupa

Colocar um pouco de perfume num lenço ou cachecol pode ser uma boa ideia para a fragrância se difundir melhor. Porém, Figuero alerta para o facto de ser aconselhável que pulverize sobre a roupa a uma distância de 30 ou 40 centímetros, mas sempre com cuidado "porque os ingredientes naturais de muitos perfumes de luxo, que são muito concentrados e podem amarelar a roupa ou ter alguma reação com a luz solar. O ideal é fazê-lo sobre a pele".

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!