activa

s

Perfil

Sexo

Lições de amor das nossas séries favoritas

Todas falam de amor, de relações e de família. E todas nos levam às lágrimas, quer seja através de diálogos divertidos ou de cenas verdadeiramente emocionantes. No dia 14 de fevereiro, pode ser uma boa ideia revisitar estes nossos amigos do coração.

Cíntia Sakellarides

Camille e Zeek Braverman/Parenthood

Camille e Zeek Braverman/Parenthood

Começar de novo

“Camille, quero passar o resto do tempo que temos juntos a tornar a nossa vida melhor. Agora, vou cantar.” - Zeek Braverman em ‘Parenthood’

Chorámos (tanto!) perante os desafios quotidianos de Max, que tem asperger, ou quando Kristina anuncia que tem cancro da mama. Mas as últimas temporadas revelaram as fragilidades de Zeek e Camille, os patriarcas da família Braverman, pais de cinco filhos e que agora enfrentam o desafio de regressarem a uma vida a dois, numa casa demasiado grande e vazia. Criados os filhos, voltam a redescobrir-se e a retomar sonhos que os forçam em direções opostas. Zeek acaba por morrer no último episódio, mas não sem antes o casal se reencontrar num projeto comum.

Phil e Claire Dunphy/Uma Família Muito Moderna

Phil e Claire Dunphy/Uma Família Muito Moderna

Chama acesa e divertida

“Casa-te com alguém que quando está desiludida fica com um ar sexy.” - Phil Dunphy em ‘Uma família muito moderna’

Phil e Claire protagonizam das relações mais divertidas desta série: ela é exigente e competitiva, ele descontraído e infantil (muitas vezes em concorrência direta com o filho, Luke). Mas mesmo entre gargalhadas não deixamos de nos emocionar com a amizade que entre eles existe e como se esforçam por manter a chama acesa. E esforçam-se mesmo, sem medo do ridículo (e sem medo das nossas gargalhadas impiedosas!). Fica para a história o episódio em que o casal Dunphy resolver celebrar o Dia de S. Valentim de uma forma diferente, num hotel, interpretando os seus alter-egos: ele é Clive, um homem de negócios casado, em viagem, e ela Julianna, uma dona de casa local, em que os diálogos, supostamente picantes, nos deixam delirantes.

Foi Assim que Aconteceu

Foi Assim que Aconteceu

Foi Assim que Aconteceu

Amizade à prova da vida

“A certa altura todos vamos seguir em frente. É o que se chama crescer.” - Lily Aldrin em ‘Foi assim que aconteceu’

O pub MacLaren é onde tudo acontece, enquanto Ted Mosby conta aos filhos o que aconteceu até conhecer a mãe deles. Uma história sobre a relação destes cinco bons amigos e dos seus encontros e desencontros amorosos. Num extremo, a estabilidade de Lily e Marshall (adoro como fazem intervalos nas suas discussões, para comer, por exemplo). Noutro, os engates em série de Barnie, que descobre que o amor estava em Robin, ali ao lado. “It’s gonna be legen – wait for it – dary”.

Lorelai e Rory Gilmore

Lorelai e Rory Gilmore

Lorelai e Rory Gilmore/Tal Mãe, Tal Filha

Cumplicidade fora de série

“Um dia decidi que, em vez de ficar magoada e triste com a tua reprovação, iria achá-la divertida.” - Lorelai Gilmore em ‘Gilmore Girls’

Os desafios da maternidade são ainda maiores para uma mãe solteira, que se tenta afastar do exemplo da mãe controladora com que cresceu. Com apenas 16 anos de diferença, Lorelai e Rory têm uma relação comovente (e uns diálogos memoráveis), que tanto beneficia como é prejudicada pela proximidade. Ser mãe/amiga é dos equilíbrios mais difíceis de alcançar. Agora, 9 anos depois, podemos matar saudades numa sequela de quatro episódios disponível na Netflix e aproveitar para rever as temporadas anteriores.

Claire e James Fraser/Outlander

Claire e James Fraser/Outlander

Não há impossíveis

“Porque eu quis-te a ti mais do que a qualquer outra coisa na vida.” - James Fraser em ‘Outlander’

Temos de ser muito honestas. A frase de cima é bonita mas para atingir todo o seu potencial tem de ser dita por Jamie, no seu sotaque gaélico – e ele até pode estar de saia que nos é completamente indiferente. E temos de reconhecer: só um amor muito forte permitiria a alguém ficar – sem nunca questionar – ao lado de uma mullher que diz ter passado através das pedras, numa viagem 200 anos atrás no tempo e devolvê-la depois a um casamento e a um homem que descende do seu maior inimigo. Confusa? Imagine como se sentem Jamie e a ‘sassenach’ Claire. A aguardar ansiosamente a temporada 3.

    newsletter

    Receba GRÁTIS no seu email as notícias que selecionamos para si!